Agevisa orienta profissionais de saúde dos municípios sobre notificação de doenças de interesse para saúde pública


Reunião virtual para alinhamento de informações com as vigilâncias municipais foi conduzida pelos técnicos da Agevisa

PORTO VELHO, RO - A Agência Estadual de Vigilância em Saúde – Agevisa reuniu esta semana de forma virtual, os profissionais de saúde das vigilâncias municipais de Rondônia. O objetivo do encontro foi orientar quanto à identificação, notificação, investigação e medidas de controle dos casos de doenças, agravos e eventos de interesse para a saúde pública .

As notificações e investigações que constam na lista nacional de doenças de notificação obrigatória, são os dados que alimentam os sistemas de informações da vigilância em saúde. “São esses dados que norteiam a gestão pública no planejamento de ações de vigilância, assistência e demais respostas necessárias e oportunas. Muitas vezes são eles que acendem o sinal de alerta da gestão e do controle social.

A informação repassada para o banco de dados de forma correta é de suma importância para uma melhor análise situacional das doenças que estão ocorrendo no território, evitando equívocos.” disse o diretor-geral da Agevisa, Gilvander Gregório de Lima.

NOTIFICAÇÕES

Participaram do fórum, na última segunda-feira (20), os técnicos da Gerência Técnica de Vigilância em Epidemiológica – GTVEP e o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde – Cievs da Agevisa. Na reunião foram discutidas, com as vigilâncias, a notificação dos casos suspeitos para sarampo, monkeypox e hepatites agudas de causa desconhecida, assim como definição de caso, exames laboratoriais e investigação epidemiológica.

A gerente técnica da GTVEP Arlete Baldez, que é médica epidemiologista, acompanhou o encontro virtual e participou esclarecendo dúvidas sobre os agravos apresentados. “Dessa forma pretendemos garantir a completa e oportuna investigação, bem como a implementação de medidas de prevenção e controle”.

INFORMAÇÃO SEGURA



Em Porto Velho conversa com técnicos foi presencial na UPA da zona Leste

O coordenador do Cievs, Eduardo Honda ressaltou a necessidade do conhecimento e disposição dos dados nos sistemas de informação. “Com o alinhamento dessas informações pretendemos garantir a sensibilidade na identificação dos casos e oportunidade na notificação, segurança da investigação e medidas de controle para responder os anseios da população e evitar informações equivocadas que trazem incômodo”, ressaltou Eduardo Honda.

Na terça-feira (21) os técnicos da Agevisa utilizaram a mesma estratégia de conversa, mas de forma presencial, para repassar aos profissionais de saúde da Unidade de Pronto Atendimento – UPA da Zona Leste de Porto Velho, informações sobre monkeyPox (varíola do macaco). A técnica do Cievs Viviane Alves apresentou referências sobre casos suspeitos, sintomas da doença, notificação imediata do caso, investigação laboratorial e epidemiológica dos casos.

Ter mais informações sobre a monkeypox é de interesse da saúde pública, por se tratar de uma doença com potencial ameaça para a saúde pública. De acordo com o Informe da Sala de Situação da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde – MS, um total de 11 casos já foram confirmados no Brasil até o último dia 21 de junho.


Fonte: Governo de Rondônia
Agevisa orienta profissionais de saúde dos municípios sobre notificação de doenças de interesse para saúde pública Agevisa orienta profissionais de saúde dos municípios sobre notificação de doenças de interesse para saúde pública Reviewed by REDAÇÃO on junho 24, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.