Projeto “Voo da Esperança” aplica aeromodelismo desenvolvido por socioeducandos de Porto Velho


Aeromodelismo é um dos cursos oferecidos para os socioeducandos

Porto Velho, RO - Com objetivo de promover a socioeducação como medida de inclusão social, a Fundação Estadual de Atendimento Socioeducativo – Fease realizou na terça-feira (7), o projeto “Voo da Esperança”, que coloca em prática o aeromodelismo, desenvolvido para os socioeducandos, em Porto Velho.

Após a produção de aviões em isopor, quatro adolescentes da Unidade de Internação Masculina Sentenciada puderam levantar voo dos aviões no Espaço Alternativo, em Porto Velho. O projeto “Voo da Esperança” é mais uma das medidas socioeducativas que visam ocupar o tempo dos socioeducandos com atividades pedagógicas, educacionais e recreativas.

O diretor da Unidade de Internação Masculina Sentenciada, Wellington Teles explica que o objetivo é desenvolver atividades com os adolescentes de no mínimo 8h por dia. “Esse e outros projetos proporcionam ao interno mais tempo ocupado, com atividades de cunho pedagógico, e não apenas restringindo a liberdade. É um projeto que tem dado muito certo graças ao apoio do Governo de Rondônia, por meio da Fease”, relatou.


Produção de aviões em isopor foi feita por adolescentes da unidade

A realização do projeto contou com a presença de familiares dos socioeducandos. Para o presidente da Fease, Antônio Silva, o projeto é literalmente um voo para os adolescentes entenderem as possibilidades de mudanças para uma vida melhor. “Nossa intenção é trazer aos adolescentes e seus familiares, a esperança de um futuro melhor. Esse futuro é oferecido através dos ensinamentos que a unidade tem transmitido com educação e cursos profissionalizantes. O voo realizado aqui é um símbolo do voo que estes jovens podem fazer e nunca mais precisar voltar para o sistema socioeducativo ou prisional, e assim, viverem em uma sociedade mais justa”, destacou.

A Promotora de Justiça, Priscila Matzenbacher, também foi uma das convidadas para acompanhar o projeto, que ressalta a importância das medidas socioeducativas nas unidades.

“Nossa legislação traz para estes adolescentes em conflito com a lei, que eles devem ser colocados em uma trajetória que traga benefícios pedagógicos, ou seja, que aprendam que a violação da lei não é correta. O objetivo é dar esperança para que esses jovens não sigam o caminho do sistema penal. É necessário o Estado mostrar outros caminhos a serem percorridos, por isso destacamos atividades como essa”, concluiu.

PRINCIPAIS MEDIDAS

Dentre os vários projetos, as oficinas dentro das unidades é uma das medidas que fazem os socioeducandos terem a chance de aprender a produção de aviões em isopor (aeromodelismo), placas de gesso 3D, crochê, horticultura, jardim alternativo, xadrez, informática, produção de pão caseiro, e outras atividades.

No início do ano, a Fease promoveu em todas as unidades no interior do Estado, uma série de reuniões com os servidores, para apresentar o projeto de Boas Práticas do Sistema Socioeducativo, concebido e orientado pelo Governo de Rondônia, para atender cerca de 137 socioeducandos, a exemplo dos projetos desenvolvidos em Porto Velho.

Outro projeto recente tem sido os campeonatos de futsal, acompanhado de palestras educacionais voltadas ao esporte. A programação visou estimular a reflexão da sociabilidade através do esporte, bem como, destacar a importância do esporte em diversas áreas como a saúde física, mental, social e familiar.

Fonte: Governo de Rondônia


Projeto “Voo da Esperança” aplica aeromodelismo desenvolvido por socioeducandos de Porto Velho Projeto “Voo da Esperança” aplica aeromodelismo desenvolvido por socioeducandos de Porto Velho Reviewed by REDAÇÃO on junho 09, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.