Fhemeron convoca doadores para manterem estoque de sangue neste final de ano

Bolsas de sangue captadas são destinadas a hospitais públicos e privados

Porto Velho, RO - Durante o período de férias e festas de final de ano, a quantidade de doações de sangue caem consideravelmente. Ao mesmo tempo, é nessa época que a demanda por sangue fica maior. Para conseguir atender e manter o estoque em níveis adequados, a Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia – Fhemeron convoca os doadores.

A assistente social e gerente de captação do hemocentro de Porto Velho, Maria Luiza Pereira explica para onde as bolsas de sangue captadas são destinadas. “Nós atendemos os hospitais públicos e privados na realização de cirurgias, atendemos também os pacientes em tratamento de câncer, além das urgências e emergências”, pontuou.

Esta é a primeira vez que Francisco de Assis doa sangue, ele veio indicado pela esposa, que já é doadora e por um motivo especial, a doação será destinada à irmã dele que passará por cirurgia. “Hoje eu tomei coragem, arrumei um tempinho e vim doar por um motivo nobre, que é ajudar a minha irmã que vai passar por uma cirurgia. E aqui, eu fiquei sabendo que, com a doação de sangue eu posso ajudar até quatro pessoas se forem adultas e até seis, se forem crianças. Fiquei muito feliz. É muito gratificante saber disso”, afirmou o doador.


Alcino recebeu uma ligação da Fhemeron e está fazendo teste de compatibilidade para doação de medula óssea

Para Alcino Sanches Lessa, hoje também é um dia especial, ele recebeu uma ligação da Fhemeron e está fazendo teste de compatibilidade para a doação de medula óssea. Ele já é cadastrado como doador de medula desde quando começou a doar sangue. “Sou doador frequente e hoje está sendo ainda mais especial, se tudo der certo alguém vai ficar muito feliz e eu também estou na expectativa”, declarou.

As ações da Fhemeron, em toda a Hemorrede Estadual, que compreende os municípios de Porto Velho, Vilhena, Ariquemes, Cacoal e Rolim de Moura, têm sido intensificadas e amplamente divulgadas pelo Governo do Estado. O governador Marcos Rocha enfatizou o objetivo das ações. “Através das ações realizadas, temos o objetivo de estimular na população em geral, um sentimento de altruísmo, de amor ao próximo, demonstrado por meio da doação de sangue. E no final do ano esse sentimento também é aflorado”, ressaltou o governador.

Maria Luiza afirma que, em média 180 bolsas foram coletadas em cada ação itinerante realizada ao longo do ano, nas hemorredes. “Foi dessa forma que conseguimos fazer a manutenção do estoque de sangue ao longo do ano. As ações itinerantes em diversos municípios foram muito importantes, assim também como as parcerias com diversos órgãos públicos, faculdades particulares, escolas, igrejas, entre outros”, destacou.

“Gratidão a todos que se disponibilizaram a doar sangue. Que no próximo ano possamos ajudar a salvar muito mais vidas. Sangue não pode ser comprado, não pode ser fabricado, ele ainda precisa ser doado, voluntariamente, e por amor, amor à vida”, finalizou a assistente social.

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu