Fórum Estadual de Desenvolvimento Econômico discute políticas públicas com a participação do ministro das Relações Exteriores

Almir Lima e Carla Marinho participaram de uma Mesa Redonda mediada pelo secretário adjunto da Sedec, Advilson Trindade

Porto Velho, RO - A solenidade de abertura oficial do Fórum Estadual de Desenvolvimento Econômico de Rondônia, que aconteceu na noite da terça-feira, 29, no Teatro Guaporé, em Porto Velho, contou com a presença do ministro das Relações Exteriores, Almir Lima Nascimento, e da administradora pública e analista de competitividade, Carla Marinho, do Centro de Liderança Pública – CLP, entidade responsável pelo Ranking de competitividade dos Estados. O evento promovido pelo Governo do Estado é desenvolvido pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico – Sedec.

Almir Lima e Carla Marinho participaram de uma Mesa Redonda mediada pelo secretário adjunto da Sedec, Advilson Trindade. O ministro, Almir Lima destacou estratégias para atrair investimentos e aumentar a exportação do Estado. “Os governos e as prefeituras precisam começar com uma estratégia interna, que é a preparação do que você vai mostrar para quem está lá fora. É importante ter contato com interlocutores, como por exemplo; o Sebrae e demais entidades, para organizar a oferta exportável. Em seguida, o Ministério das Relações Exteriores pode ajudar, através do Itamaraty, que é a única instituição pública federal que está presente em 218 países, muito respeitada e conceituada e a expertise desse corpo técnico pode contribuir com os governos e empresários nessa intermediação”, explicou o ministro.

Sérgio Gonçalves destacou o trabalho que será realizado nos próximos anos

Já a analista de competitividade do Centro de Liderança Pública – CLP, detalhou alguns dados de Rondônia, que está em 19° lugar no geral nacional e em 3° na região Norte. O ranking traz uma visão global com relação à gestão pública. “Rondônia se destaca em solidez fiscal e eficiência da máquina pública e avançou nos últimos anos. Em contrapartida nós trazemos os desafios a serem enfrentados, como por exemplo, com relação ao saneamento básico, que afeta diretamente o bem-estar social. Nosso objetivo é fazer com que os estados trabalhem as áreas onde enfrentam os maiores desafios para que a população venha a ser beneficiada”, afirmou.

A roda de conversa também contou com a participação do secretário da Sedec, Sérgio Gonçalves, que destacou a importância do Fórum para discutir a aplicação das políticas públicas de desenvolvimento econômico em benefício da população. “Essa discussão é importante para que as ações sejam efetivas e a população seja de fato beneficiada”, ressaltou.

Sérgio Gonçalves finalizou destacando o trabalho para os próximos anos. “O objetivo do governador Marcos Rocha, com a realização do Fórum, é acelerar o desenvolvimento econômico de Rondônia nos próximos anos, e se Deus quiser, sem a pandemia para nos frear, vamos conseguir gerar ainda mais empregos e aumentar o faturamento das empresas, com a geração de renda no nosso Estado ”, acrescentou o secretário.

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu