Representantes de Rondônia participaram do encontro nacional do Grupo Mulheres do Brasil

O evento contou com a participação das líderes do núcleo das Mulheres do Brasil de Porto Velho, a professora Jennifer Rates, a advogada Kelen Lubiana e a jornalista Edna Okabayashi


Porto Velho, RO - O Grupo Mulheres do Brasil é um movimento suprapartidário, presidido pela empresária Luiza Helena Trajano, que reúne mais de 100 mil mulheres que sonham e trabalham voluntariamente para impactar e transformar a comunidade local e ajudar na construção de um Brasil melhor. O evento foi realizado nos dias 25 e 26 de novembro, no teatro Santander, em São Paulo, e contou com a participação das líderes do núcleo das Mulheres do Brasil de Porto Velho, a professora Jennifer Rates, a advogada Dra. Kelen Lubiana e a jornalista Edna Okabayashi. O encontro anual de planejamento serve para alinhar a atuação voluntária das mulheres em diversas cidades brasileiras e também no exterior.

Durante o encontro, a empresária e presidente do Mulheres do Brasil, Luiza Helena Trajano, destacou o protagonismo que o Grupo vem assumindo em diversas frentes. Trajano registrou que são mais de 20 comitês atuantes em áreas que estão contribuindo com o bem-estar das pessoas e o desenvolvimento local. O Grupo Mulheres do Brasil trabalha no combate à violência contra a mulher, comunicação, conexão bairros e comunidades, cultura, educação, empreendedorismo, esporte, expansão, igualdade racial, inclusão da pessoa com deficiência, inserção de refugiados, jurídico, LGBTQIA+, meninas do Brasil, mundo digital, políticas públicas, sustentabilidade, saúde, vozes, 60+ e 80 em 8.

De acordo com a jornalista Edna Okabayashi, o Grupo Mulheres do Brasil busca colocar a natureza feminina a serviço do Brasil, “Aquela que acolhe, cuida e faz acontecer, com esse propósito, conectamos pessoas e atuamos em causas sociais, econômicas, apoiando projetos já existentes e criando iniciativas que promovam a transformação do nosso país”, afirmou. Durante o encontro nacional, as mulheres participaram de atividades com objetivo de fomentar relacionamentos interpessoais entre as representantes dos núcleos espalhados pelas diferentes regiões do País e no exterior. Todas as atividades contribuíram para a elaboração das propostas de trabalho para o ano de 2023.

Para a advogada Kelen Lubiana, participar da reunião de alinhamento e planejamento das ações que serão executadas no ano de 2023 foi de extrema importância para o fortalecimento das ações do Núcleo do Grupo Mulheres do Brasil de Porto Velho. “Foi o momento que a nossa presidente Luiza Trajano compartilhou as metas e desafios de trabalho para as mais de 100 mil mulheres que fazem parte do Grupo, além de ser uma oportunidade de reforçarmos nossos vínculos interpessoais e o compromisso com o trabalho voluntário em prol do bem-estar das pessoas e do desenvolvimento regional”, apontou.

Na avaliação da professora Jennifer Rates, ter a oportunidade de participar de um evento como este realizado pelo Grupo Mulheres do Brasil, possibilitou compartilhar e socializar os resultados dos projetos realizados durante o ano e que têm por objetivo tornar o Brasil e o mundo um lugar melhor e mais justo para todos. Ano a ano, as ações do Mulheres do Brasil estão cada vez maiores em razão do amadurecimento do processo de voluntariado das participantes. “Esse ano nossa presidente, Luiza Helena Trajano lançou um novo desafio que deve pautar todas os Núcleos do Brasil e do exterior, que o Grupo busque priorizar ações para o fim da violência contra meninas e mulheres, entre outros projetos de igual relevância”, concluiu.

Como participar: todas as mulheres são bem-vindas, basta cadastrar-se pelo site www.grupomulheresdobrasil.com.br

Legenda da foto: Edna Okabayashi, Luiza Trajano, Jennifer Rates e Kelen Lubiana


Fonte: Assessoria

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu