Seis bolsonaristas radicais são presos durante bloqueio na BR-364, em RO

Cinco homens e uma mulher foram conduzidos à delegacia de PF por atentado contra o Estado democrático de direito, resistência, desobediência à decisão judicial, incitação ao crime, atentado contra a segurança dos transportes e associação criminosas.

Porto Velho, RO - Cinco homens e uma mulher foram presos enquanto participavam de um bloqueio na BR-364, no km 16, em Vilhena (RO), na segunda-feira (12).

De acordo com a PRF, um dos suspeitos agrediu uma pessoa que tentou furar o bloqueio. A vítima precisou ser submetida a atendimento médico, pois teve um corte na cabeça e precisou de 16 pontos na cabeça.

Ainda segundo a PRF, um outro suspeito, ao receber voz de prisão, entrou no carro e fugiu em alta velocidade, entrando nas ruas de Vilhena e dirigindo na contramão. Segundo a polícia, tal ação colocou a vida de "dezenas de pessoas em risco".

Todos os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Federal (PF) do município e devem responder por resistência, desobediência à decisão judicial, incitação ao crime, atentado contra a segurança dos transportes e associação criminosas.

Ação

A PRF reforça que as forças policiais não compactuam com ilegalidades, "extremistas estão sendo identificados em todo o Estado e serão presos, seja no momento da ação nas vias de trânsito ou em operações policiais futuras".

De acordo com a corporação, as forças de choque continuarão atuando até que todas as rodovias do estado voltem à normalidade, empregando os meios necessários, "incluindo ações coercitivas e prisões, para sua plena execução".

Bloqueios

Na manhã desta terça-feira (13), a PRF informou que há quatro ponto de interdição nas rodovias do estado, sendo:

BR-364 KM 228, Cacoal
BR-364 KM 230, Cacoal
BR-364 KM 234, Cacoal
BR-435 KM 82, Colorado do Oeste (interdição parcial)

Início dos protestos


Em Rondônia, as manifestações contra o resultado das urnas começaram logo após a divulgação do resultado, no dia 30 de outubro. Durante as semanas que se passaram, alguns trechos foram liberados, depois bloqueados novamente.

Desde o dia 1º de dezembro as rodovias estão totalmente liberadas. No último bloqueio, registrado em Cacoal (RO), um motorista de uma carreta acelerou o veículo na direção do grupo de bolsonaristas e acabou atropelando uma mulher. Ele foi indiciado por tentativa de homicídio duplamente qualificado.

Fonte: G1/RO

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu