BLOCOS NA RUA - Carnaval dos corredores culturais da capital inicia dia 10 com o Areal Folia

Liga dos Blocos divulgou hoje o cronograma de desfiles dos circuitos de rua dos blocos

Porto Velho, RO
- A Liga dos Blocos divulgou hoje o calendário dos desfiles de todas as agremiações carnavalescas que fazem da liga nos tradicionais circuitos de carnaval popular de Porto Velho.

A Prefeitura da capital divulgou há duas semanas o Decreto Municipal que abrem o início do período momesco a partir do dia 31 de dezembro de 2022.

Segundo a liga, a abertura dos desfiles de carnaval de trio elétrico será no dia 10 de fevereiro (uma sexta-feira) com o Areal Folia e no sábado 11.02 com o bloco “Até que a Noite Vire Dia” – ambas do Circuito Zona Norte/Areal. No domingo, é dia do Pirarucu do Madeira, que faz parte do Circuito Zona Norte/Centro.

Ao divulgar a programação, a LIBLOCOS deixou claro que apesar do carnaval ser popular, as agremiações carnavalescas investem muito na apresentação, que vão desde a confecção dos abadás, locação de trios elétricos e até contratação de seguranças, cordeiros, dentre outras despesas de logística, e alimentação.

“Os corredores culturais são reconhecidos por Lei Municipal desde 2017 e impõem uma série de exigências para que sejam realizados. Isso incluir inclusive horários certos para concentração e desfile, seguranças, banheiros químicos e outras garantias de uma boa organização, sob restrita fiscalização dos órgãos competentes”, diz o presidente da Liga, Mavignier Ferro.

A Prefeitura, através da Funcultural e seu presidente Neto, já sinalizou uma parceria positiva com os blocos e foi peça fundamental no planejamento de todo o cronograma, bem como na ajuda estrutural gratuita às agremiações (grades e banheiros químicos), para a realização do evento, após dois anos. É o retorno de uma celebração pela volta dos bons tempos de avenida.

Confira no banner promocional o cronograma dos desfiles (lembrando que nem todos os blocos da programação fazem parte da liga, mas estão inseridos dentro de um contexto de organização padrão a todas as agremiações que fazem parte dos corredores culturais).

Fonte: Redação

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu