Dia Mundial do Queijo: Rondônia é destaque com a premiação em concursos Internacional e Estadual

Queijos sendo avaliados no 1º ConQueijo, realizado na 9ª edição da Rondônia Rural Show Internacional

Porto Velho, RO - No dia 20 de janeiro comemora-se o dia mundial do queijo, em Rondônia a data é lembrada, com a premiação dos dois últimos anos, em que produtores familiares do Estado participaram com destaque da ExpoQueijo Brasil, realizada anualmente em Araxá – MG, em 2021 o casal de produtores Gilberto e Shirley Miranda concorreram e foram agraciados com a medalha de ouro, na categoria queijo artesanal, no Araxá International Cheese Awards, realizado durante a Expoqueijo.

Em 2022 foi a vez dos produtores de Rondônia terem seu próprio concurso, realizado durante a 9ª Rondônia Rural Show, e o concurso terá mais uma edição em 2023.

O primeiro concurso estadual de queijos em Rondônia foi denominado de ConQueijo, e foi uma das atrações da feira Os primeiros colocados do ConQueijo, ganharam como prêmio uma viagem para participar da Expoqueijo em Araxá, e viajaram acompanhados pelo gerente do escritório local da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater-RO) em Candeias do Jamari, Anilton Funez Junior.

Na cidade mineira participaram do grande evento nacional, onde expuseram seus produtos e puderam conhecer melhor a dinâmica da indústria de laticínios, ou melhor dizendo, da agroindústria queijeira do Brasil.

De acordo com o governador de Rondônia, Marcos Rocha, o Estado possui grandes agroindústrias de leite e derivados e a realização do ConQueijo impulsionou Rondônia no cenário nacional e internacional, com a apresentação de queijos artesanais especiais, além de possibilitar a abertura de novos caminhos para exportação. “O primeiro ConQueijo realizado na 9ª Rondônia Rural Show ajudou no fomento da cadeia produtiva do queijo e na valorização dos produtos dos nossos produtores rurais”, ressaltou.

A produção de queijos é variada em textura, sabor e métodos de fabricação, o produto pode ser classificado por tipos e categorias e uma infinidade de nomes. Tem-se queijos curados, meia cura, frescos, e com texturas que vai do duro ao cremoso, que podem ser produzidos nos modos: industrial, agroindustrial e artesanal.

Segundo dados da Secretaria de Estado da Agricultura – Seagri, em Rondônia, a maior produção é de queijos do tipo mussarela, e embora não se tenha dados técnicos para confirmar o volume exato, a segunda maior produção é de queijos artesanais para consumo fresco, mas, também se produz queijos curados do tipo provolone e outros em menor escala.

Para este ano a Secretaria de Estado da Agricultura já confirmou que durante a 10ª Rondônia Rural Show haverá a 4ª RondoLEITE, e como parte desta, a segunda edição do concurso ConQueijo, afirmou Janderson Dalazen, secretário adjunto da Seagri.

Rondônia, também, deverá instituir, através de instrumento legal (lei ou decreto), uma marca que identifique um ou mais tipos de queijos produzidos no Estado. Produto cujas características de fabricação, sabor e qualidade definam uma identidade para o produto rondoniense, diz o extensionistas da Emater-RO e presidente do Conselho de Medicina Veterinária e Zootecnia, em Rondônia, Anilton Funez .

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu