Senador diz que derrotar Rodrigo Pacheco é “reequilibrar poderes”

Senador Wellington Fagundes (PL-MT) defende eleição de Rogério Marinho (PL-RN) para presidente do Senado.

Porto Velho, RO - A campanha do senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), que tenta ser reconduzido presidente do Senado, tem sofrido pressão nas redes sociais e também de parlamentares contrários ao pleito. A hashtag #PachecoNão tem ficado cada vez mais popular.

O engajamento nas redes é parte da estratégia da oposição. Ao Diário do Poder, o senador Wellington Fagundes (PL-MT) afirmou que a derrota de Pacheco passa pela “pressão democrática” das bases sociais dos senadores e que o objetivo é fazer da campanha de Marinho um pleito popular.

O senador avaliou ainda que uma eventual vitória de Rogério Marinho será “o primeiro passo para reequilibrarmos os Poderes da república”. Marinho é o candidato apoiado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro.


Fonte: Por Rodrigo Vilela

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu