Wuhan: Biden levanta sigilo de dados para chegar à origem da covid-19

Wuhan: Biden levanta sigilo de dados para chegar à origem da covid-19

Projeto de lei com esse fim foi aprovado no Congresso norte-americano

Porto Velho, RO - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, deu sinal verde, nesta segunda-feira (21), para um projeto de lei aprovado no Congresso que pretende levantar o sigilo e divulgar informações, até agora classificadas, sobre as origens da pandemia do SARS-CoV-2, em Wuhan.

O objetivo é averiguar possíveis ligações entre o Instituto de Virologia de Wuhan – que estuda o coronavírus –, e a propagação da covid-19. A cidade de Wuhan foi considerada o epicentro da pandemia da covid-19, a partir de 2019.

“Precisamos chegar ao fundo das origens da covid-19 (…) incluindo possíveis ligações com o Instituto de Virologia de Wuhan”, disse a Casa Branca em comunicado.

"Devemos conhecer a origem para garantir que saberemos prevenir pandemias futuras", acrescentou. “Compartilho do objetivo do Congresso em divulgar o máximo de informações possível sobre a origem da covid-19", reforçou Biden.

“Ao implementar esta legislação, o meu governo levantará o sigilo e compartilhará o máximo possível essas informações”, prosseguiu o gabinete do presidente norte-americano.

Joe Biden disse, em 2021, que após assumir a presidência, tinha “orientado a comunidade de serviços secretos para usar todas as ferramentas à sua disposição” na pesquisa da origem do vírus.

A decisão de agora confirma que a investigação está “em andamento” e, em breve, as informações serão tornadas públicas. A medida garante, simultaneamente, que o que for divulgado não causará “danos à segurança nacional”.

Outro lado

Retirar o sigilo e divulgar dados sobre o laboratório chinês de Wuhan pode desencadear um conjunto de interpretações que relacionaria o Instituto de Virologia de Wuhan e o epicentro da pandemia.

Com esta resolução, Biden arrisca aprofundar o desentendimento com presidente da China, Xi Jinping.

Pequim já informou que rejeita veementemente a possibilidade de vazamento de vírus, durante os trabalhos de pesquisa inerentes ao laboratório de Wuhan, e que possa ter qualquer responsabilidade na origem da pandemia.

As dúvidas sobre a origem do vírus são investigadas por várias agências norte-americanas. Uma parte considera que a contaminação do vírus aconteceu aleatoriamente a partir um animal infectado. Outra atribui a origem à produção laboratorial, especificamente do Instituto de Virologia de Wuhan.

O Departamento de Energia dos EUA, uma das agências que investigam o surto, concluiu com “pouca confiança” que o vírus provavelmente veio de um laboratório. Esta análise coincide com a avaliação do FBI, mas contraria as indicações de outras agências.

Fonte: Agência Brasil

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu