Atletas de Rondônia recebem incentivo do Governo para representar o Estado no Campeonato Europeu de Jiu-Jítsu

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

Atletas de Rondônia recebem incentivo do Governo para representar o Estado no Campeonato Europeu de Jiu-Jítsu


Os ​​​​atletas de Jiu-Jítsu vão representar o Estado de Rondônia no Campeonato Europeu de Jiu-Jítsu

Porto Velho, RO - Dois ​​​​atletas de Jiu-Jítsu vão representar o Estado de Rondônia no Campeonato Europeu de Jiu-Jítsu. Os atletas, Caio Macgyver e Chairo Olimpio, receberam incentivo do Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer – Sejucel, por meio do programa Pró-Atleta, e da emenda parlamentar do deputado Ezequiel Neiva.

A Primeira competição, na categoria com kimono, “Roma Open” acontece na quarta-feira (25). No sábado (28), ocorre a categoria sem Kimono, “Jiu-“Jitsu no gi”, marcando o ponto alto da competição.

O atleta, Chairo Olímpio destacou a magnitude deste evento para os atletas de Rondônia. “Fomentar o esporte em nosso Estado, não só nos traz visibilidade, mas também a importância do Jiu-Jítsu no cotidiano. O campeonato europeu, especialmente a categoria sem kimono, segue as mesmas regras do Jiu-Jítsu tradicional, o que torna esse evento muito importante para nós”, afirmou.

O governador de Rondônia, Marcos Rocha ressaltou que, “através do programa Pró-Atleta, buscamos viabilizar o acesso desses talentos às competições. O esporte é uma ferramenta poderosa para a inclusão social, o desenvolvimento pessoal e a promoção do Estado em âmbito nacional e internacional”, pontuou.

Segundo o secretário da Sejucel, Júnior Lopes, o Pró-Atleta é um programa que visa respaldar os atletas, viabilizando o fomento ao esporte de alta performance pelo Estado. Mediante o fornecimento de passagens, o programa capacita os esportistas com as ferramentas mínimas possíveis para participar em diversas competições nos âmbitos regional, estadual, nacional e internacional. Além disso, incentiva a participação e o atendimento às necessidades.

Postar um comentário

0 Comentários