Moradores do Distrito de Nova Mutum serão atendidos pelo Projeto Acampamento Verde

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

Moradores do Distrito de Nova Mutum serão atendidos pelo Projeto Acampamento Verde

A programação vai oferecer diversos atendimentos para a população

Porto Velho, RO - Com objetivo de realizar atividades relativas ao desenvolvimento socioambiental, envolvendo ações de educação ambiental, intervenção, mobilização social e comunitária de prevenção e combate às queimadas, o Governo de Rondônia realiza no próximo sábado (18), no Distrito de Nova Mutum, o Projeto Acampamento Verde.

A programação será realizada na EEEFM Nossa Senhora de Nazaré – Extensão Estudo e Trabalho e atende às orientações do Plano de Gestão Ambiental de Prevenção e Combate às Queimadas e Incêndios Florestais, que incentiva os cuidados com a preservação.

O evento tem a iniciativa da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental – Sedam e organizado pela Coordenação de Educação Ambiental – Ceam, em parceria com a Polícia Civil, Polícia Militar de Rondônia, Corpo de Bombeiros Militar, Associação do Observatório Ambiental Jirau de Estudos e Desenvolvimento Sustentável, Jirau Energia, Cooperativa de Produtores Rurais do Observatório Ambiental Jirau – COOPPROJIRAU e de uma universidade particular.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, o Acampamento Verde capacita as pessoas a fazerem mudanças positivas em relação ao meio ambiente, tornando-se uma referência em sua área de atuação. “A participação ativa da comunidade é crucial, pois quando os moradores locais se envolvem e veem os benefícios alcançados, tornam-se defensores ativos da causa ambiental. Isso não apenas fortalece o projeto, mas também promove uma mentalidade de responsabilidade compartilhada em relação ao meio ambiente”, disse.

O secretário da Sedam, Marco Antonio Lagos salientou que, o Projeto Acampamento Verde é uma iniciativa que visa promover a conscientização ambiental, a sustentabilidade e a preservação da natureza. “Sua importância consiste na criação de um espaço dedicado à educação ambiental, proporcionando experiências práticas e teóricas sobre conservação, reciclagem, preservação de ecossistemas e práticas sustentáveis. O envolvimento da comunidade local, organizações ambientais e educacionais, oferece uma plataforma para atividades práticas e outras iniciativas que incentivam a conexão das pessoas com a natureza”, ressaltou.

A coordenadora da Ceam, Deigna Lais Oliviak, destacou que, a programação vai oferecer emissão da 1ª e 2ª vias de Carteira de Identidade, atendimento e orientação jurídica, consulta preventiva e curativa em Odontologia, tratamento de dor, realização de testes rápidos Infecções Sexualmente Transmissíveis – ISTs, teste de glicemia e aferição de pressão arterial, orientação psicológica, espaço para educação ambiental kids a atendimento farmacêutico para prescrição e dispensação de medicamentos.

“O cronograma de atividades programadas contempla as temáticas a serem trabalhadas com a população da região e incluem recursos naturais, recursos hídricos, desmatamento e queimadas, através de palestras rodas de conversas e educomunicação”, finalizou.

Postar um comentário

0 Comentários