Repórter Tainá Farfan pede demissão da CNN Brasil após 4 anos e assina com a Record

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

Repórter Tainá Farfan pede demissão da CNN Brasil após 4 anos e assina com a Record

Tainá aceitou uma proposta da Record, onde começará a dar expediente no próximo mês de janeiro

Porto Velho, RO - A CNN Brasil teve mais uma baixa nesta quarta-feira (27). A jornalista Tainá Farfan, que estava no canal de notícias desde antes de sua entrada no ar em 2019, acertou sua saída após quatro anos.

A reportagem apurou que Tainá aceitou uma proposta da Record, onde começará a dar expediente no próximo mês de janeiro. Ela será repórter especial de política do Jornal da Record e do Domingo Espetacular, principais jornalísticos da emissora de Edir Macedo.

Além disso, Tainá ganhará oportunidades como apresentadora em alguns plantões e nos fins de semana em telejornais de rede nacional, como o Fala Brasil.

Em sua página no Instagram, Tainá confirmou sua saída da CNN Brasil, e disse ser grata pelas oportunidades que teve para entrar no jornalismo político.

"Obrigada amigos, produtores, editores, coordenadores de link, pessoal da técnica, do switcher, do estúdio, da copa, da limpeza, chefes, figurino, make, digital e tantos outros... Todos foram importantes para mim nessa jornada! Só tenho a agradecer, de coração", disse Tainá.

A CNN Brasil deverá ir ao mercado, logo após as festas de fim de ano, para repor a saída de Tainá Farfan de Brasília. Nomes ainda não foram ventilados para o seu lugar.

Tainá Farfan é considerada uma das mais promissoras repórteres políticas de Brasília. Sua atuação na CNN se dava em programas como Bastidores CNN e CNN 360, por exemplo, que são conhecidos por darem informações em primeira mão.

Fonte: Notícias ao Minuto

Postar um comentário

0 Comentários