BALANÇO 2023 - Reforma e construção de novas unidades marcam o ano da Saúde em Porto Velho

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

BALANÇO 2023 - Reforma e construção de novas unidades marcam o ano da Saúde em Porto Velho

Mais de R$ 20 milhões investidos em oito obras de novas estruturas para a rede municipal

Porto Velho, RO - O ano de 2023 finalizou com muitos avanços na saúde de Porto Velho, quando a Secretaria Municipal de Saúde (Saúde) atuou incansavelmente para executar novos projetos e retomar aqueles que estavam interrompidos em decorrência da pandemia. Destaque para mais de R$ 20 milhões investidos em construção e reformas de unidades de saúde.

Ao todo, oito obras de reforma, ampliação e construção de novas estruturas para a rede municipal de saúde estão sendo executadas. São unidades da atenção básica e também dos serviços especializados.

Na rede de atenção básica, cinco obras estão em execução, somando quase R$ 8 milhões em investimento municipal. Destaque para as unidades São Sebastião e Vista Alegre do Abunã, com o projeto quase finalizado. União Bandeirantes, Manoel Amorim de Matos e Três Marias são obras iniciadas mais recentemente, que seguem dentro do cronograma de construção.

A população do Assentamento Joana D'arc e proximidades, distante cerca de 48 quilômetros de Porto Velho, agora pode contar com muito mais conforto e qualidade nos atendimentos de saúde. A Prefeitura de Porto Velho, por meio da Semusa, reinaugurou a Unidade de Saúde da Família (USF) de Palmares.


A USF Palmares foi totalmente reformada para atender a população

Além da estrutura totalmente reformada, a unidade também teve os atendimentos de saúde ampliados, contando agora com três consultórios médicos, laboratório, farmácia, consultório odontológico, sala de vacina, Same, sala de espera, copa, entre outras benfeitorias. A unidade recebeu ainda serviço de jardinagem, muro e uma nova caixa d’água.

Já na rede especializada, o investimento na reestruturação predial chega a R$ 12 milhões. Na Policlínica Rafael Vaz e Silva e no Laboratório Municipal, as obras estão em fase final. A Maternidade Municipal também segue em construção, cronograma executado de forma diferenciada para não impactar na qualidade dos atendimentos às gestantes e recém-nascidos.

Também em 2023, a Semusa ainda assegurou recursos para iniciar a reforma completa das Unidades de Pronto Atendimentos (UPA) da zona Sul e Leste, obras com previsão de R$ 5 milhões em investimentos.

Outra grande conquista para a população de Porto Velho em 2023 foi a garantia de recursos para a construção do Hospital Municipal. O projeto foi elaborado pela Secretaria Municipal de Resolução Estratégica de Convênios e Contratos (Semesc) e o recurso, R$ 20 milhões em emenda de bancada para iniciar a primeira etapa, está garantido pela ex-deputada federal Mariana Carvalho.

RENOVAÇÃO DA FROTA


Veículos foram adquiridos para prestar suporte nas zonas urbana e rural

Investimento também na renovação da frota de veículos para atender a saúde da população. Em 2023, a Semusa adquiriu 42 carros novos, investimento que ultrapassa R$ 5,5 milhões em recursos de emenda parlamentar e também próprios do município.

Os novos veículos foram direcionados para reforçar a execução de ações da gestão, mas também encaminhados às unidades de saúde no apoio nos serviços administrativos e visitas domiciliares realizadas pelas equipes de saúde da família.

Os trabalhos de controle e combate à malária, as ações do núcleo de Infecções Sexualmente Transmissíveis e também o deslocamento da equipe que atua na divisão de zoonoses e animais sinantrópicos receberam maior suporte com a chegada de novos veículos.

A zona rural recebeu atenção especial na renovação da frota, com 15 veículos, entre caminhonetes e sedans, entregues para distritos e comunidades rurais, desde a Ponta do Abunã até o baixo Madeira.

AMBULÂNCIA E AMBULANCHA


Distritos receberam ambulâncias e ambulancha

São Carlos recebeu uma ambulancha nova para atender a população, inclusive às comunidades Resex do Cuniã, Bom Será, Cavalcante, Brasileira e Nazaré. Foram investidos R$ 450 mil para aquisição da embarcação, que é do tipo F, com capacidade para oito pessoas, espaço para uma maca, banheiro, iluminação própria para navegação noturna, rede de oxigênio, equipamentos para sutura, imobilização, mobiliário e mais.

O distrito de Rio Pardo, localizado cerca de 170 quilômetros da Capital, também recebeu uma ambulância para socorro e resgate dos pacientes. A ambulância é do tipo b, capacidade para fornecer cuidados básicos, com equipamentos salva-vidas para emergências, como oxigênio, bandagens, talas e muito mais.

Foi investido mais de R$ 1 milhão em veículos para melhorar o atendimento e prestação de serviço à população.

MELHOR ATENDIMENTO

A rede de atenção básica do município recebeu o reforço de 45 novos médicos em 2023, contratados para atender a população que procura as unidades básicas e de saúde da família na zona urbana e rural.

A necessidade do reforço no atendimento foi apresentada pela Semusa ao Ministério da Saúde, que disponibilizou as vagas solicitadas através do Programa Mais Médicos, preenchidas no decorrer de todo o ano.


Novos profissionais foram contratados para saúde da família

Com a chegada dos novos profissionais, a Semusa garantiu a composição de 105 equipes de atendimento, sendo 91 delas atuando na estratégia de saúde da família, que representa o maior número de unidades em Porto Velho, chegando a uma cobertura populacional de 64%.

Para a zona rural e distritos foram direcionados 20 médicos, suprindo as necessidades desde a Ponta do Abunã até o baixo Madeira, incluindo Calama, São Carlos e Nazaré, que receberam novos profissionais no início de dezembro.

As equipes de odontologia também foram reforçadas com a contratação de 13 novos dentistas, para zona urbana e rural. Além disso, a Semusa investiu na compra de novas cadeiras odontológicas para garantir a ampliação do serviço e melhoria da qualidade do atendimento.

Para a secretária-adjunta municipal de saúde, Marilene Penati, que também é médica, a chegada desses profissionais representa o fortalecimento da atenção básica no município.

“Nós precisamos trabalhar com prevenção de doenças e a atenção básica é imprescindível e fundamental para que a gente evite inúmeros agravos na saúde da população. Não tenho a menor dúvida de que a chegada desses novos médicos vai fortalecer muito e melhorar a qualidade da saúde da população de Porto Velho”, finaliza a secretária.

AMPLIAÇÃO DA TELEMEDICINA


Atendimento via telemedicina foi intensificado na capital e nos distritos

Avanços também no atendimento ao paciente que necessita de consultas com médicos especialistas através da telemedicina. Em 2023, o serviço saltou de quatro para sete pontos de atendimento, distribuídos entre a zona urbana e rural.

A telemedicina é um serviço disponibilizado pela Prefeitura de Porto Velho que encurta a distância e diminui o tempo de espera para o encontro entre o paciente e um médico especialista. O serviço está disponível no Centro de Especialidades Médicas (CEM), Maurício Bustani, José Adelino e Areal da Floresta. Nos distritos, os pontos da telemedicina estão instalados em Extrema, União Bandeirantes e Jaci-Paraná.

A consulta via telemedicina é fornecida pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) desde março de 2022, em parceria com o Hospital Albert Einstein. Desde a implantação, o serviço já beneficiou mais de 3.901 pacientes.

O atendimento é realizado através de videoconferência. Além do médico especialista ao vivo na tela, o paciente conta com a presença de um médico da unidade que participa da consulta, responsável por sanar possíveis dúvidas do paciente, fazer encaminhamentos, prescrever receitas ou solicitar exames.

FARMÁCIA


Mais de 20 milhões de itens e medicamentos foram distribuídos pelas farmácias do município

A farmácia municipal passou por uma grande reformulação, resultando na visível melhoria estrutural nos processos de trabalho e também na compra e distribuição de medicamentos à população. Trabalho que resultou no abastecimento de 93% dos medicamentos da Remume (Relação Municipal de Medicamentos), ou seja, comprados e garantidos no estoque.

Até outubro, a Semusa distribuiu cerca de 20 milhões de itens/medicamentos e atendeu mais de 340 mil pacientes, resultando num total de R$ 11 milhões investidos.

Outro ponto que merece destaque é a ampliação da abrangência do Sisfarma, sistema de controle de estoque e dispensação de medicamentos, com a implantação em 18 novas unidades da zona urbana que ainda não estavam interligadas.

O resultado desse trabalho é um maior controle do estoque de medicamento existente nas unidades, e ainda, celeridade no atendimento às demandas da população.

BARCO SAÚDE


Barco Saúde atendeu mais de 12 comunidades ribeirinhas nas margens do Rio Madeira

O Barco Hospital Dr. Floriano Riva Filho desceu o rio Madeira com sua tripulação e mais 30 profissionais de saúde com a missão de levar serviços diferenciados para a população ribeirinha.

Mais de 12 comunidades percorridas e 7 mil atendimentos realizados, serviços como consultas, exames, vacinação, distribuição de medicamentos, e mais.

CAPACITAÇÃO

Capacitar o servidor público é investir na melhoria do serviço prestado à população e na qualidade de vida no trabalho. Pensando assim, Semusa redobrou o trabalho para qualificar, cada vez mais, os profissionais que atuam na rede municipal de saúde.

Em 2023, de janeiro a novembro, 321 capacitações foram realizadas e quase 10 mil pessoas, entre servidores e população, participaram de atividades de educação em saúde totalmente gratuitas. Os cursos e oficinas abrangeram todas as áreas, desde o acolhimento ao público até manobras de socorro ao paciente.

Entre as vivências, destaque para o curso técnico Saúde com Agente, formação que durou um ano e beneficiou quase 400 Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Controle às Endemias, da zona urbana e rural. O curso foi criado pelo Ministério da Saúde, em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, com o intuito de oferecer qualificação técnica e fortalecer os atendimentos do SUS.

Secretária Municipal de Saúde, Eliana Pasini acredita que esses incentivos não apenas reconhecem a importância do trabalho, mas também estimulam a busca contínua pela excelência no cuidado à saúde da população.

“Temos trabalhado muito para melhorar a qualidade de vida dos servidores da saúde, categoria muito demandada, principalmente no pós pandemia. Nosso objetivo é promover conhecimento e o bem-estar do profissional, para que isso seja refletido numa prestação de serviço de qualidade na saúde pública”, ressalta Pasini.


Fonte: Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Postar um comentário

0 Comentários