Desembargador Raduan apresenta ações e metas prioritárias para gestão no TJRO

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

Desembargador Raduan apresenta ações e metas prioritárias para gestão no TJRO

Plano de Gestão para o biênio 2024/25 é apresentado a magistrados, secretários e diretores do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia

Porto Velho, RO - O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Raduan Miguel Filho, reuniu magistrados, secretários(as), diretores(as) e assessores(as) de setores estratégicos do TJRO para apresentação do Plano de Gestão para o biênio 2024-2025 no Poder Judiciário do Estado de Rondônia. Segundo o presidente do TJRO, a elaboração do documento é um processo participativo e que o plano está aberto para sugestões, para reunir ideias, experiências e projetos para o aperfeiçoamento dos serviços prestados aos(às) cidadãos(ãs). O encontro ocorreu na Escola da Magistratura de Rondônia, nesta sexta-feira, 12, em Porto Velho.

“O plano não é aquilo que sai da cabeça do presidente, por isso reunimos setores estratégicos, que são peças-chave na construção desse caminho que é a gestão do Poder Judiciário para os próximos dois anos”, afirmou Raduan Miguel. Para o desembargador, o conhecimento e a experiência de secretários(as), coordenadores(as) e servidores(as) que estão empenhados na administração da instituição são essenciais para que os resultados esperados sejam alcançados.

O presidente destacou também as presenças do corregedor-geral da Justiça, desembargador Gilberto Barbosa, do diretor da Emeron, desembargador Alexandre Miguel e do desembargador Isaías Fonseca, coordenador da Infância e da Juventude do TJRO.

O corregedor enalteceu o momento de encontro e enfatizou que as premiações recentes recebidas pelo Judiciário estadual são consequência da busca incessante de melhoria na prestação jurisdicional e que essa deve ser a motivação maior de todos(as), nos esforços para manter elevados os padrões de qualidade dos serviços judiciais no Estado de Rondônia.

Para o diretor da Emeron, a transparência e o diálogo da gestão são essenciais. “Sintam cada um de vocês a importância de estar aqui e a possibilidade que têm de dirigir os rumos de uma instituição como o Tribunal de Justiça”, afirmou o desembargador. Alexandre Miguel enalteceu ainda o uso da tecnologia, cada vez mais necessária, para o desenvolvimento e aprimoramento do serviço judicial, por meio de soluções simples, aliando a pesquisa dirigida à transformação do Judiciário e os recursos tecnológicos.

Outros(as) servidores(as) e magistrados se pronunciaram durante o encontro, que foi aberto por Raduan Miguel, enaltecendo a diversidade de especialidades profissionais e competências técnicas reunidas na sala 104 da Emeron, onde ocorreu a reunião.

Após a abertura, o analista judiciário Felipe Pinheiro, do Gabinete de Governança (GGOV), apresentou as metas priorizadas pela gestão e depois colheu, durante as sugestões apresentadas pelos participantes, mais ideias para composição do documento, que é participativo, como enfatizou o presidente Raduan.

O plano ainda receberá sugestões de todos os setores interessados em contribuir com projetos que podem se somar àquilo que já foi priorizado pela gestão. Posteriormente, o desembargador Raduan deverá apresentar o documento ao Pleno de Desembargadores e à imprensa, para difusão à sociedade rondoniense.

A secretária do GGOV, Rosemeire Moreira, agradeceu a presença e atenção de todos(as) e disse que encaminhará por meio do SEI às unidades quais serão as formas de participação, colaboração e cooperação no Plano de Gestão 2024–2025.

Fonte: TJ/RO

Postar um comentário

0 Comentários