35 anos do SINTERO é marcado com reafirmação de luta: mobilização em 5 de março

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

35 anos do SINTERO é marcado com reafirmação de luta: mobilização em 5 de março

Ficou definida uma assembleia com paralisação no dia 5 de março, com o objetivo de buscar respostas às lutas da classe por parte dos poderes

Porto Velho, RO - Encaminhamentos foram protocolados junto ao Governo de RO, SEDUC, Casa Civil, ALE-RO e Comissão de Educação, ainda não houve uma resposta. Durante a cerimônia houve a afirmativa para assembleia com paralisação.

Durante a cerimônia dos 35 anos do SINTERO a luta pelo cumprimento dos direitos das trabalhadoras e dos trabalhadores em educação foi reafirmada em discurso da Diretoria Executiva na manhã desta segunda-feira (26/02) no auditório da Sede Administrativa em Porto Velho.

Foi pontuado que Na última sexta-feira (23/02), após deliberação, ficou definida uma assembleia com paralisação no dia 5 de março, com o objetivo de buscar respostas às lutas da classe por parte dos poderes. Sobre isso, encaminhamentos foram protocolados junto ao Governo de RO, Secretaria de Estado da Educação (SEDUC), Casa Civil, Assembleia Legislativa de Rondônia e Comissão de Educação.

HISTÓRICO DO SINTERO

O embate pelos direitos dos trabalhadores em educação no Estado de Rondônia teve início após a promulgação da Constituição Federal em 1988, que finalmente permitiu a organização sindical dos funcionários públicos. Antes disso, os professores lutavam por meio de associações locais, enfrentando diversas dificuldades.

Nos dias 25 e 26 de fevereiro de 1989 que cerca trabalhadoras e trabalhadores em educação se concentraram no Salão Paroquial da Igreja Matriz de Ouro Preto do Oeste em um Congresso Intermunicipal e assim fundaram o SINTERO, momento em que elegeram a primeira diretoria.

Desde então, o SINTERO tem desempenhado um papel fundamental na defesa dos direitos da categoria, elegendo líderes como Roberto Sobrinho, Nereu Klosinski, José Wildes de Brito, João Duarte, Claudir Mata Magalhães de Sales, Manoel Rodrigues da Silva, Lionilda Simão de Souza e Dioneida Castoldi ao longo de sua trajetória de 35 anos

Atualmente, o SINTERO mantém sua presença em todo o estado de Rondônia, com sedes administrativas e sociais em Porto Velho, sub sedes em 18 municípios e as 11 regionais: Apidiá, Café, Centro I, Centro II, Cone Sul, Estanho, Guaporé, Mamoré, Mata, Norte e Rio Machado.

Ao longo de sua história, o sindicato tem sido um incansável defensor dos direitos trabalhistas das educadoras e dos educadores, seja em questões de âmbito nacional ou em demandas específicas do estado, demonstrando seu compromisso contínuo com a valorização e proteção dos profissionais da educação.



UNIÃO: ”SINTERO SOMOS NÓS, NOSSA FORÇA, NOSSA VOZ"

Em uma cerimônia, que aconteceu na manhã desta segunda-feira (26/02), no auditório da Sede Administrativa do SINTERO em Porto Velho, foi lançada oficialmente a logo do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Rondônia.

Os elementos que compõem a nova logo do SINTERO foram idealizados, mediante a participação de todas e todos do Diretivo. Dioneida Castoldi, Presidenta do SINTERO e que está em seu primeiro ano de mandato, ressalta que o sentimento de orgulho e a certeza de muitas lutas fazem parte do histórico do SINTERO.

Sobre a nova logo do SINTERO, ela conta que a ideia para a construção sempre teve como referência demonstrar a coletividade que o sindicato representa.

“Estamos muito contentes com a construção coletiva da logo que representa os três anos de mandatos, pois além de ter esse marco histórico dos 35 anos, nós também consolidamos uma logo onde os “braços” estão entrelaçados, todas, todos e todes estão representados nesse símbolo de união e de caminharmos juntos em defesa da classe trabalhadora e com a principal ideia que nos move: a educação é o único caminho para transformação de uma sociedade”,finaliza a Presidenta.

Fonte: Rondônia Dinâmica

Postar um comentário

0 Comentários