Rayssa Leal e Filipe Toledo são finalistas do Laureus, o 'Oscar do Esporte'

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

Rayssa Leal e Filipe Toledo são finalistas do Laureus, o 'Oscar do Esporte'

O evento será em Madri no dia 22 de abril, quando os vencedores de cada categoria serão anunciados

Porto Velho, RO - Os brasileiros Filipe Toledo e Rayssa Leal foram indicados ao Laureus World Sports Awards pelo segundo ano consecutivo.

Eles concorrem na categoria de Esportes de Ação (Radicais) - Prêmio Laureus Action Sportsperson do Ano.

Disputam o prêmio final outras quatro indicadas: a skatista australiana Arisa Trew, a campeã mundial de surfe Caroline Marks, a campeã mundial de BMX Bethany Shriever e Kirsten Neuschafer, da África do Sul, que se tornou a primeira mulher a vencer uma regata solo de volta ao mundo através dos três grandes cabos.

O evento será em Madri no dia 22 de abril, quando os vencedores de cada categoria serão anunciados.

Filipe Toledo conquistou seu segundo título mundial consecutivo em 2023, consolidando-se como um dos melhores surfistas do mundo.

Rayssa Leal conquistou seu primeiro ouro no Campeonato Mundial de Skate de Rua em Sharjah e também ganhou ouro nos X Games em Chiba, no Japão.

"O Brasil tem produzido consistentemente alguns dos maiores talentos em esportes de ação, e Filipe e Rayssa são excelentes exemplos. Filipe já foi campeão mundial e Rayssa está no caminho certo para vencer grandes eventos nos próximos anos, tendo acabado de completar 16 anos.

Ela ganhou uma medalha de prata olímpica em Tóquio e é a favorita ao ouro em Paris. Seu talento até agora é incomparável. Não é de admirar que ela e Filipe tenham sido indicados novamente", disse Tony Hawk, membro da Laureus World Sports Academy e lenda do skate.

Concorrem ainda ao Laureus 2024 outros esportistas famosos como Novak Djokovic, Lionel Messi, Max Verstappen, Erling Haaland, Simone Biles, Mikaela Shiffrin, Faith Kipyegon e Jude Bellingham, em diferentes categorias.

Messi, Djokovic, Verstappen, Duplantis, Noah Lyles e Haaland concorrem ao prêmio de Atleta do Ano, no masculino.

No feminino, a disputa é entre Aitana Bonmatí (futebol), três estrelas do atletismo (Faith Kipyegon, Sha'Carri Richardson e Shericka Jackson), a tenista Iga Swiatek e a esquiadora

Mikaela Shiffrin.

Esta é a 25ª edição do Prêmio Laureus, que possui sete categorias de votação com seis selecionados cada, além de outros prêmios apresentados pelos Membros da Academia.

Confira a lista completa dos indicados ao Laureus

2024:PRÊMIO LAUREUS DE MELHOR ATLETA HOMEM DO ANO

Novak Djokovic (Sérvia) Tênis - ganhou três Grand Slams, terminando 2023 com um recorde de 24 títulos.

Mondo Duplantis (Suécia) Atletismo - melhorou duas vezes seu próprio recorde mundial de salto com vara e conquistou seu segundo título mundial

Erling Haaland (Noruega) Futebol - seus 52 gols lideraram a tríplice coroa do Manchester City

Noah Lyles (EUA) Atletismo - venceu os 100, 200 e o revezamento 4 x 100 metros no Campeonato Mundial de Atletismo

Lionel Messi (Argentina) Futebol - recorde da oitava Bola de Ouro e recorde do 44º troféu conquistado

Max Verstappen (Países Baixos) Automobilismo - venceu três campeonatos mundiais consecutivos de Fórmula 1

PRÊMIO LAUREUS DE MELHOR ATLETA MULHER DO ANO

Aitana Bonmatí (Espanha) Futebol - venceu a Copa do Mundo, a Liga dos Campeões e o Campeonato Espanhol, além da Bola de Ouro

Shericka Jackson (Jamaica) Atletismo - ganhou o ouro nos 200 metros no Campeonato Mundial

Faith Kipyegon (Quênia) Atletismo - primeira mulher a ganhar uma dobradinha nos 1.500 e 5.000 metros no Campeonato Mundial

Sha'Carri Richardson (EUA) Atletismo - medalhas de ouro nos 100 e no revezamento 4 x 100 metros

Mikaela Shiffrin (EUA) Esqui alpino - tornou-se a maior vencedora de todos os tempos em Copas do Mundo

Iga Swiatek (Polônia) Tênis - venceu na França e recuperou o posto de número 1 do mundo no WTA Finals

PRÊMIO LAUREUS DE EQUIPE DO ANO

Equipe da Europa Ryder Cup - Golfe - recuperou o troféu com uma exibição dominante em Roma

Seleção Masculina de Basquete da Alemanha - Campeões da Copa do Mundo da FIBA após vitórias surpreendentes sobre os EUA e a Sérvia

Manchester City (Reino Unido) Futebol - tripla conquista da Premier League, FA Cup e Liga dos Campeões

Oracle Red Bull Racing Formula One Team (Áustria) - segundo título consecutivo de construtores após vencer todas as corridas, exceto uma

Springboks (África do Sul) Rugby - vencedores da quarta Copa do Mundo, um recorde
Seleção Feminina de Futebol da Espanha - Vencedoras da Copa do Mundo na Austrália após um torneio que mudou o jogo

PRÊMIO LAUREUS DE REVELAÇÃO DO ANO

Jude Bellingham (Reino Unido) Futebol - vencedor do prêmio Golden Boy para a nova estrela do Real Madrid

Linda Caicedo (Colômbia) Futebol - disputou a Copa do Mundo sub-17, sub-20 e sênior no mesmo ano

Coco Gauff (EUA) Tênis - seu primeiro título de Grand Slam foi no US Open, aos 19 anos

Qin Haiyang (China) Natação - venceu as provas do nado peito (50, 100 e 200 metros) no Campeonato Mundial

Josh Kerr (Reino Unido) Atletismo - surpreendeu o favorito Jakob Ingebrigtsen ao vencer o título mundial nos 1.500 metros

Salma Paralluelo (Espanha) Futebol - vencedora do prêmio FIFA Young Player Award de melhor jogadora jovem da Copa do Mundo

PRÊMIO LAUREUS DE RETORNO DO ANO

Simone Biles (EUA) Ginástica - após uma ausência de dois anos, voltou a ganhar quatro medalhas de ouro no Campeonato Mundial

Sébastien Haller (Costa do Marfim) Futebol - recuperado do diagnóstico de câncer para retornar ao Borussia Dortmund
Katarina Johnson-Thompson (Reino Unido) Atletismo - ganhou o ouro no heptatlo no Campeonato Mundial após várias lesões

Siya Kolisi (África do Sul) Rugby - recuperou-se de uma lesão no LCA para levar seu país à glória na Copa do Mundo

Jamal Murray (Canadá) Basquete - depois de 18 meses afastado, ganhou o campeonato da NBA com o Denver

Markéta Vondrousová (República Tcheca) Tênis - venceu Wimbledon como jogadora não cabeça de chave após uma série de lesões

PRÊMIO LAUREUS DE MELHOR PARATLETA DO ANO

Simone Barlaam (Itália) Natação - seis medalhas de ouro no Campeonato Mundial de Natação Paralímpica

Danylo Chufarov (Ucrânia) Natação - dois recordes mundiais, três medalhas de ouro no Campeonato Mundial de Natação Paralímpica

Diede de Groot (Países Baixos) Tênis - terceiro Grand Slam consecutivo no calendário do tênis em cadeira de rodas

Luca Ekler (Hungria) Atletismo - medalhas de ouro nos 200 e 400 metros, além de salto em distância, no Campeonato Mundial de Atletismo Paralímpico

Nicole Murray (Nova Zelândia) Ciclismo - campeã na estrada e na pista em 2023

Markus Rehm (Alemanha) Atletismo - sexto título mundial e 14º recorde mundial no salto em distância

PRÊMIO LAUREUS DE MELHOR ATLETA NOS ESPORTES DE AÇÃO DO ANO

Rayssa Leal (Brasil) Skate - ouros nas ruas em três grandes campeonatos em 2023

Caroline Marks (EUA) Surfe - primeiro título mundial para uma estrela em ascensão

Kirsten Neuschafer (África do Sul) Vela - primeira mulher a vencer uma regata solo de volta ao mundo passando por três grandes cabos

Bethany Shriever (Reino Unido) BMX - recuperou seu título mundial em Glasgow

Filipe Toledo (Brasil) Surfe - defendeu seu título mundial na Califórnia

Arisa Trew (Austrália) skate - jovem de 13 anos é a primeira skatista a aterrissar o 720 em uma competição

PRÊMIO LAUREUS ESPORTE PARA O BEM

Programas indicados por um painel de seleção especializado; a Laureus Academy seleciona o vencedor

Bola Pra Frente (Brasil) Multiesporte x Empregabilidade - usando o esporte e a educação para aumentar as oportunidades para os jovens

Dancing Grounds (EUA) Dança x Integração social - defesa da justiça social por meio da dança

Fundación Rafa Nadal (Espanha) Tênis x Educação - uso do esporte em Mallorca e na Índia para capacitar os jovens
ISF Cambodia Futebol x Educação - quebrando o ciclo da pobreza por meio do poder do futebol

Justice Desk Africa (África do Sul) Multiesporte x Direitos Humanos - capacitação de jovens para defender seus direitos humanos por meio do esporte

Obiettivo Napoli (Itália) Multiesporte x Inclusão - desenvolvimento de habilidades sociais em jovens em situação de exclusão e dificuldades

Fonte: Notícias ao Minuto

Postar um comentário

0 Comentários