Eleições 2024: PGJ recebe visita institucional de Procuradores Regionais Eleitorais para alinhavar atuação no pleito

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

Eleições 2024: PGJ recebe visita institucional de Procuradores Regionais Eleitorais para alinhavar atuação no pleito

Para a eleição deste ano, o PGJ citou ainda o investimento em capacitação de 20 horas de membros em direito eleitoral digital

Porto Velho, RO - Para tratar das Eleições Municipais de 2024, o Procurador-Geral de Justiça, Ivanildo de Oliveira, acompanhado do coordenador do Núcleo de Apoio Eleitoral (NUAPE), Promotor de Justiça Glauco Maldonado Martins, recebeu em seu gabinete a visita institucional do Procurador Regional Eleitoral em Rondônia, Leonardo Trevizani Caberlon, e do Procurador Regional Eleitoral Substituto, Bruno Rodrigues Chaves, nesta quinta-feira (21/3).

O encontro tratou de questões pertinentes às duas instituições sobre o processo eleitoral em curso neste ano. O diálogo prévio entre as duas instituições permite facilitar a execução dos trabalhos em Porto Velho e no interior do Estado, com o foco maior no objetivo de garantir uma eleição limpa e segura, de acordo com as determinações constitucionais.

O Procurador Regional Eleitoral citou a informalidade entre os membros para agir de forma mais ágil durante o pleito, bem como se colocou à disposição para um trabalho em parceria, tal como ocorreu na última eleição. Esse momento também foi lembrado pelo Promotor de Justiça, Glauco Maldonado Martins, que destacou a presteza com que situações adversas foram sanadas em 2022, o que creditou ao estreitamento de um trabalho conjunto da PRE/MPF e do MPRO.

O Procurador-Geral de Justiça, Ivanildo de Oliveira, destacou o alinhamento das instituições para garantir a defesa da democracia a partir da participação popular em todo o processo de escolha dos candidatos, coibindo e responsabilizando práticas indevidas. Ele lembrou a criação do Núcleo de Apoio Eleitoral durante sua gestão (NUAPE) para auxiliar os Promotores de Justiça que desempenham funções eleitorais em 1º grau, mediante intercâmbio de membros, com pesquisas doutrinárias e jurisprudenciais, além de oferta de modelos para atuação institucional.

Para a eleição deste ano, o PGJ citou ainda o investimento em capacitação de 20 horas de membros em direito eleitoral digital, cada vez mais presente no cotidiano e que também será instrumento tecnológico que os Promotores Eleitorais terão que dominar no pleito 2024.

Fonte: MP/RO

Postar um comentário

0 Comentários