Jogos Internos da Escola Estadual Brasília em Porto Velho encerram neste sábado

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

Jogos Internos da Escola Estadual Brasília em Porto Velho encerram neste sábado

Os jogos servem de referência para formação de atletas e equipes

Porto Velho, RO - Os Jogos Internos (JIB) da Escola Estadual de Ensino Médio em Tempo Integral Brasília, iniciados na segunda-feira (18), em Porto Velho, encerram neste sábado. A competição está ocorrendo em nove modalidades: Futsal, Voleibol, Basquetebol, Handebol, Badminton, Xadrez, Tênis de Mesa, Queimada e Game. Os estudantes estão sendo avaliados pelos professores e, aqueles que se destacarem, poderão se preparar para os Jogos Escolares de Rondônia (Joer).

Os jogos não são classificatórios, mas servem de referência para a formação de atletas e equipes. O JIB acontece anualmente, em conformidade com o cronograma escolar. A ação é realizada pela gestão da instituição de ensino, pertencente à Rede Estadual de Ensino.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, os jogos realizados nas escolas motivam os estudantes e incentivam o aluno a se desenvolver ainda mais dentro da sala de aula. “O Governo de Rondônia acredita no poder transformador do esporte, e por isso tem fomentando ações voltadas à integração da juventude. Com a educação e o esporte sendo trabalhados de maneira conjunta, temos a certeza de termos jovens mais comprometidos, focados, disciplinados, com condições de mais prosperidade”, salientou.

Cada ano há uma temática para fins de conhecimento

A secretária de Estado da Educação, Ana Lúcia Pacini enfatizou que, o objetivo é fomentar o esporte, resgatar valores humanos como amizade, solidariedade, cooperação e respeito, além de promover a interação entre estudantes, professores, família e a sociedade. “Nas competições, os estudantes desenvolvem o espírito participativo, a colaboração, a convivência e o trabalho em equipe”, pontuou.

A diretora da unidade de ensino, Clarina Morais destacou que independente do resultado, o importante é competir, vivenciar toda a emoção que envolve as partidas. “Está sendo uma semana muito agitada, mas também muito bacana, em que os estudantes têm se dedicado bastante”, disse.

Segundo Clarina, todo ano é escolhido um tema para o JIB. “Os estudantes se mobilizaram para fazer camiseta. Cada ano há uma temática para fins de conhecimento. Ano passado foi a Copa do Mundo; esse ano são os Deuses Olímpicos.

O professor ou a professora adota uma turma como padrinho e madrinha, e passa ser responsável pelo acompanhamento e frequência dos estudantes. Há também uma comissão de ética formada por professores, que podem entrar com recurso de acordo com o regulamento. Também contamos com parceiros acadêmicos para auxiliar nos trabalhos”, pontuou.

Postar um comentário

0 Comentários