O dia 11 março na história de Porto Velho, Rondônia, Brasil e Mundo

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

O dia 11 março na história de Porto Velho, Rondônia, Brasil e Mundo

 

O DIA NA HISTÓRIA

11.3.2024 – BOM DIA!

Lúcio Albuquerque

69 99910 8325

RONDÔNIA

1923 – O bispo de Cáceres (MT), dom Luiz Gallibert, em visita a Porto Velho, celebra missa em memória ao advogado Ruy Barbosa (1849/1923) falecido semana passada.

1950 – Os 60 mil ferroviários brasileiros, incluindo os da Madeira-Mamoré, receberão abono, já aprovado pelo Senado, num total de CR$ 160 milhões. 

1983 – O deputado federal (RO) Olavo Pires e outras pessoas, são acusadas como mandantes do assassinato do jornalista João  Batista Alencar, em Boa Vista (RR).

1981 – Projeto do deputado Vicente Homem Sobrinho cria “cartórios de registros” nos distritos de Querência, Primavera, S. Felipe e Novo Paraíso, onde a falta  do cartório há morador caminhando 100KM para registrar um filho.

1991 – Aberta a 1ª fase do torneio de voleibol “Rock Volei, com times do esporte comunitário, jogando na quadra aberta da Praça Aluízio Ferreira.

OBS: alegando “reformas”, a prefeitura naquela praça destruiu o ralf de skate e a quadra.

HOJE É

Dia Mundial do Rim. Dia Mundial da Canalização. Dia Internacional das Vítimas do Terrorismo. Dia da Pipoca.

Católicos celebram Santa Flora, São Constantino, Santo Eulógio, São Sofrônio, 

BRASIL

1808 — D. João VI cria o Ministério da Marinha. 

1962 – Nasce a ex-jogadora Maria Paula Gonçalves da Silva, a Magic Paula, em 1984 campeã mundial de Basquetebol. 

1962 - Morre o compositor José de Sousa Dantas Filho, Zé Dantas (N. 1921), parceiro de Luiz Gonzaga em “Riacho do Navio”, “A Volta da Asa Branca”, “Sabiá” etc. 

1991 — Entra em vigor o Código de Defesa do Consumidor.

MUNDO

105 a.C.- Ts’ai Lun apresenta ao Imperador Han Ho Ti (China), mostras de papel.  

2020 — A OMS declara a Covid-19 uma pandemia global. 

FOTO DO DIA

ANGELIN – O ÚLTIMO NOMEADO

Desde 1982, mal terminada a 1ª eleição do novo Estado de Rondônia, na qual o governador Jorge Teixeira fora o grande “eleitor” para a vitória de seu partido, o PDS, logo afloraram críticas contra ele por membros da sigla.

Com dificuldade de relacionamento com políticos, Teixeira ficou pior quando decidiu impor o médico e principal líder do MDB/PMDB no eixo da BR-364, Claudionor Roriz, para presidir a sigla.

Mas, de olho na eleição, até o “PDS-raiz” Odacir Soares, crítico a Teixeira, reduziu a carga e ganhou a indicação ao Senado eleito para 8 anos de mandato. Rondônia, como Estado recém-criado, elegeria 3 senadores, e os outros dois, Claudionor e Galvão Modesto ficaram comas vagas de 4 anos.

Em 1985, exonerado pelo presidente José Sarney, Teixeira foi substituído pelo deputado estadual Angelo Angelin, que ajudou seu companheiro de partido Jerônimo Santana a ser eleito prefeito de Porto Velho e depois governador do Estado, mas foi colocado à margem por Santana.

Em 1990 tentou eleição a senador, perdeu e saiu da política. Nascido em 1935, Angelin (FOTO) faleceu em 2017.

Postar um comentário

0 Comentários