Lira inicia plano para conter STF e pretende abrir CPIs contra o Executivo

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

Lira inicia plano para conter STF e pretende abrir CPIs contra o Executivo

Movimentos ocorreram em meio à exoneração de um primo de Lira do cargo de superintendente regional do Incra em Alagoas

Porto Velho, RO - Na terça-feira (16), Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados, deu início a um plano para conter o Supremo Tribunal Federal (STF) em meio à crescente insatisfação de parlamentares com suas decisões. Ele anunciou a formação de um grupo de trabalho para discutir maneiras de restringir os poderes do STF em relação ao Legislativo. A iniciativa é vista como uma resposta às críticas sobre supostas interferências do STF nos assuntos do Congresso, segundo reportagem da Folha de S. Paulo.

A tensão entre os poderes Legislativo e Judiciário tem se intensificado, especialmente após a prisão do deputado Chiquinho Brazão e as discussões sobre o foro especial. Lira indicou aos aliados sua intenção de avançar com uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para modificar as regras do foro especial, caso o STF continue a avançar nesse tema. Além disso, ele sugeriu a abertura de Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs), incluindo uma para investigar a atuação do STF e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em relação a violações de direitos e garantias fundamentais.

A votação de um requerimento de urgência para um projeto relacionado à reforma agrária foi vista como um movimento para enviar um recado ao Palácio do Planalto. Isso ocorreu em meio à exoneração de um primo de Lira do cargo de superintendente regional do Incra em Alagoas, aparentemente atendendo a uma demanda do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Fonte: Brasil247

Postar um comentário

0 Comentários