Mercado Livre anuncia criação de 18 mil empregos na América Latina

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

Mercado Livre anuncia criação de 18 mil empregos na América Latina

No Brasil serão criadas 6.500 novas vagas

Porto Velho, RO - A Mercado Livre, gigante latino-americana de comércio eletrônico e serviços financeiros, anunciou nesta quarta-feira (17) a criação de 18 mil novos empregos diretos na América Latina, impulsionando sua força de trabalho para mais de 76 mil colaboradores até o final de 2024. A iniciativa demonstra o compromisso da empresa em impulsionar o crescimento regional e consolidar sua posição como líder em inovação tecnológica.

A expansão será concentrada principalmente no México e no Brasil, mercados onde a Mercado Livre já possui fortes operações. No México, serão criadas 8.200 novas vagas, enquanto no Brasil, o número chega a 6.500. A Argentina, país natal da empresa, também receberá investimentos significativos, com a criação de 1.800 novos empregos. A Colômbia (900 vagas), o Chile (360 vagas) e outros países da América Latina também serão beneficiados com a expansão, incluindo Uruguai, Peru, Equador e Venezuela.

"Estamos comprometidos com a inclusão e o desenvolvimento tecnológico e socioeconômico da nossa região", afirma Sebastián Fernández Silva, responsável de recursos humanos da Mercado Livre. "Para isso, continuaremos a contratar os melhores talentos e proporcionar oportunidades de crescimento profissional para pessoas de todo o continente."

Em cerca de 25 anos desde sua fundação, a Mercado Livre se tornou uma das empresas mais valiosas da América Latina, alcançando o topo do ranking da revista Forbes em 2020. Sua trajetória de sucesso foi impulsionada por uma estratégia inovadora que combinou uma plataforma de compras online com o desenvolvimento de serviços financeiros, como a carteira digital Mercado Pago, que se tornou extremamente popular em diversos países da região.

Fonte: Notícias ao Minuto

Postar um comentário

0 Comentários