O dia 17 abril na história de Porto Velho, Rondônia, Brasil e Mundo

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

O dia 17 abril na história de Porto Velho, Rondônia, Brasil e Mundo

 


O DIA NA HISTÓRIA
17.4.2024 – BOM DIA!

Lúcio Albuquerque
69 99910 8325

RONDÔNIA

1919 – Onze pessoas morreram em Porto Velho vítimas da gripe espanhola, conforme registro do serviço de Saúde.

1943 – Instalada, em Porto Velho, a agência do Banco da Borracha (atual Basa), tendo como gerente o sr. Raimundo Cantuária.

1945 – Pelo decreto-Lei 7.470, assinado pelo presidente Getúlio Vargas a vila de Urupá passa a ser Distrito de Vila Rondônia (desde 1977 município de Ji-Paraná).
 
1945 – Pelo decreto-lei 7.420 o município de Santo Antônio deixa de existir e suas terras são incorporadas a Porto Velho.
 
1989 – Começa a funcionar a Associação Vilhenense de Educação e Cultura – Faculdade Avec.
 
1990 – Segundo o governador Jerônimo Santana, a hidrelétrica de Samuel, que devia ter sido inaugurada em 1984, precisa de mais U$ 50 milhões para sua conclusão.

1996 — Morre em Porto Velho d. João Batista Costa (n. 1902), o 1º bispo de PVH.

HOJE É

Dia Nacional da Botânica. Dia Mundial da Hemofilia e do Hemofílico. Dia Internacional das Lutas Camponesas. Dia do Lojista do CD.
Católicos lembram Santa Catarina Tekakwitha , nSão Simeão, São Roberto de Citeaux, São Aniceto.

BRASIL

2016 — A Câmara dos Deputados aprova relatório favorável ao afastamento da presidente Dilma Rousseff.

MUNDO

1961 — Acontece a “Invasão da Baía dos Porcos: tentativa de exilados cubanos para derrubar Fidel Castro. 2014 - Morre Gabriel García Márquez (n. 1927), escritor colombiano, autor de Cem Anos de Solidão.

FOTO DO DIA
SINCRETISMO RELIGIOSO EM PVH

Nomeado administrador apostólico em 1925, competiu ao monsenhor Pedro Massa a atribuição de gerir a recém-criada (1.5.1925) Prelazia Nullius de Porto Velho, conforme a bula papal “Inter Nostri”.

Em 1935 e 1946 o monsenhor esteve de 2 atos promovidos pela Irmandade de Santa Bárbara, que mantinha um terreiro desde 1914 no Bairro Mocambo, onde foi construída uma capela dedicada à Santa.

Em 1935 (3.7), já no Bairro Favela, D. Massa abençoou o lançamento da pedra fundamental do templo da Santa (representada por Iansã na Umbanda), “Padroeira dos arquitetos, dos Pedreiros, dos Prisioneiros e dos Bombeiros. Protetora contra raios, trovões, tempestades e mortes repentinas”. (1)
Dia 10 de julho de 1946, o monsenhor celebrou uma missa no novo local, sendo assinado um convênio entre a Irmandade e D. Pedro Massa, sob batuque dos tambores (2).
 
Em 1947 D. João Batista Costa assumiu como bispo prelado de Porto Velho.
1) Antônio Cantanhede, “Achegas para a História de Porto Velho”, Pág 201/202
FOTO: D. Pedro Massa, acervo Rondônia minha querida Rondônia.

Postar um comentário

0 Comentários