O dia 21 abril na história de Porto Velho, Rondônia, Brasil e Mundo

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

O dia 21 abril na história de Porto Velho, Rondônia, Brasil e Mundo

 


O DIA NA HISTÓRIA
21.4.2024 – BOM DIA!

Lúcio Albuquerque
69 99910 8325

RONDÔNIA

1921 – Funciona em Espiridião Marques (depois Guajará-Mirim) o Centro Espírita “São Vicente de
Paula”.
 
1946 – Mesmo sem representante na Assembleia Constituinte, lideranças trabalhadoras e comunitárias do Território do Guaporé, pedem aos constituintes a manutenção dos Territórios federais.

1947 – A Panair do Brasil, única aérea atendendo Porto Velho e toda a Amazônia, suspende o atendimento, alegando necessidade de subvenção federal para manter as linhas.
 
1971 – O pesquisador Frederico Monteiro Álvares Afonso se instala em Ouro Preto para ativar o plantio do cacau na região.
 
1974 – O Incra inicia a implantação do projeto Burareiro, na região de Ariquemes.
 
1976 – O agrônomo Roberto Uchoa critica o abandono em que se encontra a sede do ex-município de Santo Antônio do Madeira, o 1º criado no Território, extinto em 1945 e desde então um bairro de Porto Velho.
 
1988 – O Flamengo (PVh) foi o campeão do 1º Campeonato Rondoniense de Tae-kwon-do, realizado na quadra do colégio Carmela Dutra

HOJE É

Dia de Tiradentes. Dia da Latinidade. Dia Nacional do Metalúrgico. Dia Internacional da Criatividade e Inovação.

BRASIL

1960 – O presidente Juscelino Kubistchek inaugura Brasília, a 3ª capital brasileira. 

1792 – Acusado de conspiração, Joaquim José da Silva Xavier, o “Tiradentes” (n. 1746) é enforcado.

1985 — Morre, sem exercer o cargo, o presidente Tancredo Neves, o 1º civil eleito para o cargo desde 1964.
 
MUNDO

2009 - A Unesco e a biblioteca do Congresso dos EUA apresentam a biblioteca digital mundial.
 
FOTO DO DIA
NO AR, “OSMAR VILHENA SHOW”

Em 1974 nem TV existia na terra de Rondon. Apaixonado por futebol o governador Marques Henriques conseguiu implantar uma emissora em Porto Velho.

O sistema era simples: a fita de vídeo-cassete era mandada de Manaus e passava aqui no dia seguinte aos jogos.
 
Batizada “TV-Cultura” a emissora no porão do Palácio “Presidente Vargas”, não ficou só no jogo e com a criatividade da equipe chefiada pelo Dílson Fernandes várias atrações.

O noticiário era apresentado pelo Jorge Santos, a vida social pelo Ciro Pinheiro, o esporte pelo Miguel Silva, Walter Santos, José Ribamar, João Dalmo. A Jussara Gotlieb cuidava dos cenários, além do Nelson Townes, o Augusto Santos etc.

Mas a grande sensação era o “Osmar Vilhena Show”, com variedades, onde imperavam as “osmaretes” (FOTO), grupo de jovens que se apresentavam enquanto candidatos a calouros se submetiam a um júri.
A TV-Cultura durou de maio a setembro, quando funcionou a 1ª emissora comercial do Território, a TV-Rondônia, que absorveu a maior parte dos envolvidos na “Pioneira”.

Postar um comentário

0 Comentários