FACER acompanha Encontro de Negócios Brasil-Peru em Porto Velho

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

FACER acompanha Encontro de Negócios Brasil-Peru em Porto Velho


Porto Velho, RO - A Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Rondônia (Facer) marcou presença, nesta semana, do encontro de negócios Brasil-Peru, realizado na sede do palácio do Governo de Rondônia, em Porto Velho.

Durante dois dias, terça e quarta-feira (07 e 08), o encontro teve como principal objetivo fortalecer os laços comerciais e estreitar as relações bilaterais entre Rondônia e Peru, marcando uma nova etapa de cooperação econômica entre os dois países sul-americanos.

Representando a FACER, o diretor-financeiro Ednilso Oliveira acompanhou atento todas as etapas do evento, que contou com a participação de pelo menos 20 empresários peruanos e ainda de autoridades como o embaixador do Peru no Brasil, Rómulo Acurio, a diretora-geral do Escritório de Comércio do Peru no Brasil (Promperu Brasil), Silvia Seperack, além de representantes do Ministério de Comércio Exterior e Turismo do Peru.



“Um ponto bastante debatido durante este encontro, foi a importância e necessidade de existir cooperação entre os setores público e privado, em busca da promoção da integração regional. Além disso, muitos empresários peruanos se mostraram impressionados com o potencial de Rondônia e manifestaram interesse em explorar oportunidades de negócios em nosso estado”, destacou o diretor-financeiro da Facer.

O encontro foi conduzido pelo vice-governador do Estado de Rondônia, Sérgio Gonçalves, que em sua fala ressaltou a importância de parcerias com o país andino. “Esse estreitamento das relações comerciais entre Brasil e Peru faz parte da política do governo.



Sabemos que há uma lacuna de oportunidades a serem exploradas entre os países vizinhos e esse encontro permite a troca de experiências e a identificação de potenciais sinergias, representando mais vendas às empresas e geração de emprego e renda”, pontuou.


Fonte: Assessoria de Imprensa/FACER

Postar um comentário

0 Comentários