Rússia inicia ofensiva terrestre na região ucraniana de Kharkiv

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

Rússia inicia ofensiva terrestre na região ucraniana de Kharkiv

Em 2022, uma parte significativa da região de Kkarkiv foi ocupada pela Rússia e depois liberada

Porto Velho, RO - A Rússia iniciou nesta sexta-feira (10) uma ofensiva terrestre na região de Kharkiv, nordeste da Ucrânia, e tentou “romper as linhas de defesa” de Kiev, anunciou o Ministério da Defesa ucraniano, que também informou a continuidade dos combates.

As forças de Moscou “avançaram um quilômetro em território ucraniano” e tentam prosseguir com a operação, informou uma fonte do comando militar ucraniano.

Moscou deseja criar uma “zona de segurança” na região para impedir que a Ucrânia bombardeie a área russa de Belgorod.

“Durante o último dia, o inimigo atacou a área de Vovchansk”, na fronteira com Belgorod, com bombas teleguiadas, afirmou o ministério.

“Às 5H00, o inimigo tentou romper as nossas linhas de defesa com a ajuda de veículos blindados”, acrescentou a mesma fonte, sem revelar a localização exata do ataque.

O ministério afirmou que os ataques foram “repelidos”, mas que prosseguem os “combates de intensidade variável” e que unidades de reserva foram mobilizadas para “reforçar a defesa” da região.

As autoridades ucranianas começaram a retirar os moradores de Vovchansk, onde vivem quase 3.000 pessoas, e das localidades fronteiriças na região de Kharkiv devido aos bombardeios em larga escala, informou Tamaz Gambarashvili, comandante da administração militar local.

Uma parte significativa da região de Kkarkiv foi ocupada pela Rússia e depois liberada em 2022.

A região fronteiriça e sua capital de mesmo nome, segunda maior cidade do país, foram bombardeadas com frequência nos últimos meses.

A Ucrânia temia há várias semanas uma possível nova ofensiva russa na região.

O Exército ucraniano enfrenta dificuldades na frente de batalha, fragilizado pela falta de soldados e pelo atraso na entrega da ajuda ocidental.

Ao mesmo tempo, as forças russas reivindicaram a conquista de territórios limitados, principalmente no leste, sem, no entanto, concretizar um avanço real.

Fonte: Carta Capital

Postar um comentário

0 Comentários