Vereador Everaldo Fogaça tem requerimento aprovado para recuperação da ponte sobre o Rio das Garças em Porto Velho

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

Vereador Everaldo Fogaça tem requerimento aprovado para recuperação da ponte sobre o Rio das Garças em Porto Velho

A população local aguarda ansiosamente por respostas concretas e por medidas efetivas que garantam a segurança e a fluidez do tráfego na região

Porto Velho, RO - Na sessão desta terça-feira da Câmara Municipal de Porto Velho, o vereador Everaldo Fogaça (PSD) teve seu requerimento aprovado pelos vereadores. O documento solicita à Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Semagric) informações detalhadas sobre as medidas em andamento para a recuperação da Ponte sobre o Rio das Garças, localizada na Estrada Bacia Leiteira, linha 42, Zona Rural da capital.  

A Ponte sobre o Rio das Garças tem sofrido com interdições recorrentes, causando transtornos significativos aos moradores e produtores rurais da região. 

Essas interrupções afetam não apenas a mobilidade local, mas também o acesso a serviços essenciais como saúde e educação, além de prejudicar o escoamento da produção agrícola, vital para a economia da região.

Segundo o vereador Fogaça, a situação demanda uma solução urgente e eficaz, dada a importância estratégica da ponte para a conectividade e desenvolvimento da Zona Rural de Porto Velho. 

Sua ação visa pressionar as autoridades competentes a fornecerem informações claras sobre as ações planejadas e em execução para a recuperação definitiva da infraestrutura.

A aprovação do requerimento do vereador Everaldo Fogaça é um passo importante na busca por uma solução para a recuperação da Ponte sobre o Rio das Garças. 

A população local aguarda ansiosamente por respostas concretas e por medidas efetivas que garantam a segurança e a fluidez do tráfego na região. 

O acompanhamento atento desse processo é fundamental para assegurar que as ações necessárias sejam tomadas no menor prazo possível, beneficiando toda a comunidade envolvida.

Fonte: Assessoria

Postar um comentário

0 Comentários