Quadrilha Juventude Unida traz “O Auto da Compadecida” ao Arraial Flor do Maracujá

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

Quadrilha Juventude Unida traz “O Auto da Compadecida” ao Arraial Flor do Maracujá

 

Quadrilha Juventude Unida traz

A apresentação no Arraial Flor do Maracujá será na terça-feira (25), às 20h30

Porto Velho, RO - A quadrilha Juventude Unida pelo Amor da Bom Pastor (JUABP), fundada em 1992 para animar o arraial na comunidade da Bom Pastor, no Bairro Areal Floresta, conquistou três títulos no tradicional Arraial Flor do Maracujá, com vitórias em 2006, 2016 e 2019. Em 2023, o tema da apresentação foi “Fadas e Duendes”. Este ano, a quadrilha traz “O Auto da Compadecida”, obra literária baseada no livro do poeta e romancista brasileiro, Ariano Suassuna.

Os ensaios da JUABP acontecem, periodicamente todas as terças, quintas, sextas e domingos; na quadra da Escola Jesus Burlamaqui, Bairro Floresta, desde 2007, na cidade de Porto Velho. A apresentação na 40ª edição do Arraial Flor do Maracujá será na terça-feira (25), às 20h30. O evento é realizado pelo governo de Rondônia.

João Big, presidente da JUABP

O presidente da Juventude Unida pelo Amor da Bom Pastor, João Big, relatou a trajetória e as atividades da agremiação. “Cheguei na quadrilha em 2000, e dancei apenas uma vez. Logo comecei a dar ideias para novas alegorias e adereços. Em 2002, o presidente da época disse: ‘Big, você vai ficar à frente disso’. Em 2003, após a desistência deste, o grupo decidiu que eu ficaria como presidente. Além das apresentações, realizamos projetos sociais nas comunidades durante o ano”, evidenciou.

O cantor Maik de Paula, que entrou na quadrilha em 2018, compartilhou suas experiências. “No mesmo ano, fomos para uma disputa nacional em 2022, onde criei a música tema da agremiação. Em 2023, também virei o marcador da quadrilha, tive que cantar e marcar. Este ano, continuo com mais atribuições, ajudando com artesanatos e bordados, para o que precisar,”ressaltou.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha o Arraial Flor do Maracujá é uma celebração das tradições e da identidade cultural. Realizar eventos como esse é fundamental para manter viva a cultura da região.


A apresentação no Arraial Flor do Maracujá será na terça-feira (25), às 20h30

Porto Velho, RO - A quadrilha Juventude Unida pelo Amor da Bom Pastor (JUABP), fundada em 1992 para animar o arraial na comunidade da Bom Pastor, no Bairro Areal Floresta, conquistou três títulos no tradicional Arraial Flor do Maracujá, com vitórias em 2006, 2016 e 2019. Em 2023, o tema da apresentação foi “Fadas e Duendes”. Este ano, a quadrilha traz “O Auto da Compadecida”, obra literária baseada no livro do poeta e romancista brasileiro, Ariano Suassuna.

Os ensaios da JUABP acontecem, periodicamente todas as terças, quintas, sextas e domingos; na quadra da Escola Jesus Burlamaqui, Bairro Floresta, desde 2007, na cidade de Porto Velho. A apresentação na 40ª edição do Arraial Flor do Maracujá será na terça-feira (25), às 20h30. O evento é realizado pelo governo de Rondônia.

João Big, presidente da JUABP

O presidente da Juventude Unida pelo Amor da Bom Pastor, João Big, relatou a trajetória e as atividades da agremiação. “Cheguei na quadrilha em 2000, e dancei apenas uma vez. Logo comecei a dar ideias para novas alegorias e adereços. Em 2002, o presidente da época disse: ‘Big, você vai ficar à frente disso’. Em 2003, após a desistência deste, o grupo decidiu que eu ficaria como presidente. Além das apresentações, realizamos projetos sociais nas comunidades durante o ano”, evidenciou.

O cantor Maik de Paula, que entrou na quadrilha em 2018, compartilhou suas experiências. “No mesmo ano, fomos para uma disputa nacional em 2022, onde criei a música tema da agremiação. Em 2023, também virei o marcador da quadrilha, tive que cantar e marcar. Este ano, continuo com mais atribuições, ajudando com artesanatos e bordados, para o que precisar,”ressaltou.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha o Arraial Flor do Maracujá é uma celebração das tradições e da identidade cultural. Realizar eventos como esse é fundamental para manter viva a cultura da região.

Postar um comentário

0 Comentários