AULAS SUSPENSAS - Municípios do RS suspendem aulas devido a ciclone que atinge estado


Ventos podem chegar a 110 km/h, informou a Defesa Civil do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, Canoas e Pelotas já suspenderam as aulas

PORTO VELHO, RO - Municípios do Rio Grande do Sul estão cancelando aulas nesta terça (17/5) e quarta-feira (18/5) frente à possibilidade de um forte ciclone atingir o estado. Segundo a Defesa Civil do estado, um ciclone extratropical se intensifica em direção ao estado, que pode registrar rajadas de até 110 km/h.

“As rajadas de vento sopram com forte intensidade em boa parte do estado, especialmente na faixa Leste, deixando o mar agitado”, detalhou o órgão.

O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), anunciou a suspensão das aulas da rede municipal nos turnos da tarde e da noite de hoje. A decisão, segundo ele, se estende à rede conveniada.


“A Defesa Civil Municipal e os órgãos de serviço e atendimento à população da Prefeitura estão mobilizados, com reforço nas equipes, para agir diante das possíveis ocorrências considerando a previsão de tempestade, ciclone e frio intenso”, afirmou o chefe do Executivo municipal, no Twitter.

Em Canoas, as aulas das escolas municipais estão suspensas hoje à tarde e durante todo o dia de amanhã. A Educação de Jovens e Adultos (EJA) também suspenso.


“Essas recomendações também são válidas para as escolas particulares do nosso município”, acrescentou a prefeitura local, em nota.


As prefeituras do Rio Grande e de Mostardas também suspenderam as aulas na rede municipal.

Já a Prefeitura de Pelotas, além de suspender as aulas, recomendou que as demais escolas e as universidades façam o mesmo, “pois há risco de queda de árvores e de luz”.

Pelotas chama a atenção da população para todos estarem em locais protegidos e, também, informou precisar de apoio da sociedade para proteger as pessoas em situação de vulnerabilidade. “Com a previsão de ventos fortes entre terça e quarta-feira, a orientação é de que as pessoas busquem abrigos protegidos longe de placas, árvores, postes de energia e de objetos que podem ser arremessados.”

A Universidade Federal de Pelotas (UFPel) atendeu a recomendação e também suspendeu as aulas.

“Esse ciclone tem características excepcionais: a sua trajetória avançando do mar em direção ao continente, e na medida em que avança ainda ganha intensidade. A pressão do seu centro vai cair muito até a níveis comparáveis aí a um furacão categoria um”, ressalta a meteorologista Estael Sias, do site MetSul, parceiro do Metrópoles.

“Na na sequência, na quarta e quinta-feira quando o ciclone começa a se deslocar em direção ao mar, vai trazer uma forte saca marítima com impacto ainda maior nas áreas litorâneas. Então, primeiro o risco de vento, de chuva e tudo, e depois deve impulsionar esse ar gelado aí pelo interior do continente”, prossegue.

Defesa Civil

De acordo com a Sala de Situação da Defesa Civil do Rio Grande do Sul, a umidade poderá causar chuva nas maiorias das regiões gaúchas, podendo ser pontualmente forte entre as regiões sul e a metropolitana.

Também não se descarta a ocorrência de chuva congelada em pontos isolados e de neve nos Campos de Cima da Serra.

“Na madrugada de quarta-feira (18/5), as chuvas pontualmente fortes e as rajadas intensas continuam na faixa Leste, mas gradualmente perdem intensidade, com o deslocamento do sistema para Santa Catarina. A tendência é que o tempo estável volte a atuar na quinta-feira (19/5)”, detalhou o órgão.

O estado pode registrar temperaturas baixas ao longo da semana, com previsão de temperaturas mínimas de 3° na Serra e 9° na região da Campanha.


Fonte: Metrópoles
AULAS SUSPENSAS - Municípios do RS suspendem aulas devido a ciclone que atinge estado AULAS SUSPENSAS - Municípios do RS suspendem aulas devido a ciclone que atinge estado Reviewed by REDAÇÃO on maio 17, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.