Irmãos do Pó são presos traficando cocaína dentro de pneu de caminhão

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

Irmãos do Pó são presos traficando cocaína dentro de pneu de caminhão

A cocaína era escondida em pneus de caminhões de carga, que levavam os entorpecentes até até o interior do Paraná e, depois, para o Rio

Porto Velho, RO - A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira, (8/12), a Operação Sanctus com o objetivo de desarticular organização criminosa ligada ao tráfico internacional de drogas, lavagem de dinheiro e a atuação de facções criminosas.

As investigações tiveram início em outubro deste ano e identificou a dupla de líderes da organização criminosa, sediada na cidade de Dourados (MS). Os dois são irmãos, ambos com histórico de envolvimento com apreensões de drogas e com lideranças de facções criminosas.

A atividade da organização trazia a droga para o país a partir da cidade de Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Os entorpecentes eram escondidos em pneus de caminhões de carga, que, para dissimular o transporte da droga, carregavam os produtos lícitos até o interior do Paraná. De lá, a droga seguia para o Rio de Janeiro.

Lavagem de dinheiro

Os investigados promoviam a lavagem de dinheiro por meio de uma rede de pessoas e empresas, que recebiam grandes quantias de valores em espécie.

O esquema contava, ainda, com a ocultação patrimonial de empresas e imóveis, cuja propriedade formal está em nome de laranjas, testas de ferro e, no caso dos imóveis, em nome de seus antigos proprietários.

A PF cumpriu 21 mandados de busca e apreensão e de prisão temporária, todos expedidos pela 3ª Vara da Justiça Federal em Campo Grande(MS). As ações policiais ocorreram nas cidades de Maricá (RJ), Araruama (RJ), Dourados, Ponta Porã (MS), Guia Lopes da Laguna (MS), Cambé (PR), Feliz Natal (MT) e Paranatinga (MT).

A Operação Sanctus contou com o apoio da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas e Gestão de Ativos (Senad) do Paraguai.

Fonte: Metropoles

Postar um comentário

0 Comentários