Dois homens são presos durante operação contra desmatamento e invasão de Terra Indígena

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

Dois homens são presos durante operação contra desmatamento e invasão de Terra Indígena

 

Segundo a polícia, foram desmatados cerca de 840 hectares de terra, o que corresponde a 100 estádios de futebol

Porto Velho, RO - Duas pessoas foram presas em flagrante, uma pelo crime de invasão de terras públicas com intenção de ocupação e outra pelo crime de desmatamento clandestino, durante uma ação realizada pela Polícia Federal (PF) na Terra Indígena Igarapé Lage, em Nova Mamoré (RO) e Guajará-Mirim (RO), na última quinta-feira (21).

Segundo a PF, investigações revelaram que os invasores haviam criado um grande corredor dentro da Reserva, incluindo a construção de pontes e habitações no local. Além dos criminosos, a PF também encontrou veículos, motosserras e outras estruturas que eram utilizadas para apoio às práticas ilícitas.

No local, a área desmatada alcança 840 hectares, extensão que corresponde a mais de 120 estádios do Maracanã (RJ).

Ainda durante a ação, a PF apreendeu cerca de 66 metros cúbicos de madeira extraídos ilegalmente da Terra Indígena.

A operação “Wari” contou com o apoio do Exército Brasileiro, Fundação Nacional do Indígena (Funai) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). O nome da operação faz referência ao grupo indígena que habita a TI Igarapé Lage.

Fonte: G1

Postar um comentário

0 Comentários