Entrevista de Samuel Costa destaca propostas para transformar Porto Velho

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
SEMPRE NO AR

Entrevista de Samuel Costa destaca propostas para transformar Porto Velho


Porto Velho, RO - No último programa "A voz do povo" na @radiocaiari, 103.1 FM, o pré-candidato a prefeito de Porto Velho pela Rede, Samuel Costa, compartilhou suas visões e propostas para enfrentar desafios cruciais na cidade. Em uma entrevista conduzida pelo jornalista @arimarsouzade, Costa destacou a urgência de abordar a escassez de água tratada e a carência de saneamento, questões que colocaram Porto Velho entre as 100 piores cidades do Brasil nesses aspectos.

"É uma excelente oportunidade para discutir nossas propostas para tirar Porto Velho do mapa das 100 piores cidades do Brasil em falta de água tratada e saneamento", afirmou Costa durante a entrevista. Ele enfatizou seu compromisso em trabalhar incansavelmente para proporcionar acesso à água de qualidade e saneamento básico para todos os habitantes da cidade.

Além disso, Costa reafirmou seu compromisso com uma educação pública de qualidade e melhorias na saúde básica, pilares fundamentais para o desenvolvimento sustentável e equitativo da cidade. Ele enfatizou a importância de investir em infraestrutura e recursos humanos para garantir que todos os cidadãos tenham acesso a serviços educacionais e de saúde de qualidade.

"Juntos, vamos construir um futuro melhor para nossa cidade!", declarou Samuel Costa, expressando sua confiança na capacidade de transformação e progresso coletivo através de uma gestão comprometida com o bem-estar e o desenvolvimento de Porto Velho.

Acompanhe a entrevista na íntegra:
https://www.facebook.com/rondonoticiasro/videos/7272891566162258

A entrevista de Samuel Costa no programa "A voz do povo" proporcionou uma visão clara das prioridades e compromissos do pré-candidato, estabelecendo uma base sólida para o diálogo e o engajamento cívico na construção de um futuro mais próspero e inclusivo para a cidade.

Postar um comentário

0 Comentários