Programa de ostomia na POC proporciona maior qualidade de vida para pessoas ostomizadas

Governo de Rondônia possui um programa de distribuição de bolsas coletoras

Porto Velho, RO - “A Cirurgia da Vida”, esse é o lema da equipe do Programa de Atendimento à Pessoa Ostomizada, na Policlínica Oswaldo Cruz – POC. O setor que atua há mais de 12 anos no Estado de Rondônia, conta com uma equipe multidisciplinar responsável por proporcionar ao paciente um atendimento humanizado, atendendo às suas necessidades de forma única e especial.

A ostoma ou estoma, nada mais é do que uma cavidade abdominal, realizada através de uma intervenção cirúrgica, que visa comunicar a interior com exterior do corpo, para saída de fezes e/ou urina. Esse procedimento pode ser realizado quando o paciente passa por um acidente de carro ou moto; quedas ou tiros com perfuração no abdômen; câncer intestinal; doença de Crohn; deformidades congênitas, entre outras doenças que afetam o intestino.


Maria Borges explica a importância do cuidado médico com os pacientes

A coordenadora do setor de ostomizados, Maria Borges explica que uma pessoa ostomizada pode ter uma vida normal após a intervenção cirúrgica. “Existe a questão do preconceito com as pessoas ostomizadas, que afetam psicologicamente esse paciente. Mas precisamos deixar claro que o que fazemos aqui é um procedimento cirúrgico que pode salvar uma vida, dando uma segunda chance àquele paciente. Então, quando um ostomizado chega na nossa sala cabisbaixo, oferecemos um acompanhamento psicológico para que ele volte ao seio familiar e sociedade de forma segura, para seguir sua vida normalmente”, explicou Maria Borges.

É importante que a pessoa ostomizada realize o retorno à unidade após 30 dias do último encontro, para ter uma nova bolsa coletora. A bolsa coletora serve para recolher as fezes ou urina do ostomizado e precisa ser trocada mensalmente.

Atualmente o Governo de Rondônia possui um programa de distribuição de bolsas coletoras nos órgãos de saúde, como Postos de Saúde, Diretorias Regionais e a Policlínica Oswaldo Cruz, em Porto Velho.

COMO FUNCIONA O ATENDIMENTO?

A Policlínica Oswaldo Cruz realiza o atendimento de ostomizados de segunda a sexta-feira, das 7h30 até 11h. Caso o paciente tenha feito a cirurgia em pouco tempo, ele é direcionado à POC que o atende diretamente, sem precisar passar por uma fila de espera.

Na unidade, o ostomizado passa por diversos profissionais, como assistente social, médico gastro, nutricionista e psicólogo para tirar todas as dúvidas sobre os cuidados com a bolsa coletora e como realizar higienização correta.

A POC recebe pacientes que residem na Região Madeira-Mamoré, de outros estados como Roraima, Belém, Acre, Macapá e de fora do País, como Bolívia.


Fonte: O Observador
Programa de ostomia na POC proporciona maior qualidade de vida para pessoas ostomizadas Programa de ostomia na POC proporciona maior qualidade de vida para pessoas ostomizadas Reviewed by Redação on novembro 18, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.